30 de novembro de 2007

Olh'ó pirilampo!!!...



O post de hoje fala sobre mais um produto desnecessário – a Wi-Fi Detector Shirt – que, tal como o nome indica, é uma camisola que incorpora um dispositivo que reage à presença de sinais de wi-fi. Basicamente, o detector mede a força do sinal, presente no ambiente, e exibe, essa intensidade, em barras brilhantes dinâmicas.

O “decalque” tecnológico é removível da camisola, para facilitar a lavagem e proteger o dispositivo. O seu funcionamento é garantido por 3 pilhas AAA, escondidas num pequeno bolso interior...


Ao que parece, a justificação apresentada, para esta solução, é a facilidade de detectar as zonas com acesso à Internet sem fios (era assim tão difícil?). Portanto, com esta T-Shirt vestida, não haverá necessidade de ligar os equipamentos para verificar a existência de sinal!!!.. Então e se, naquele dia, em que mais precisamos do wi-fi, não tivermos a t-shirt vestida?... Passaremos então a usar esse decalque em toda a roupa?
Bom…há apenas alguns anos nem havia Internet, com fios ou sem fios, os computadores pesavam dezenas de quilos, agora, tudo tem que ser imediato e sem esforço… senão… o quê?!?!?...


Enfim… nem sei porque razão ainda respiramos com os nossos velhinhos pulmões, se, uma qualquer máquina já o faz por nós…e não apanha gripes ;-)

Atenção! Eu não sou anti-tecnologia mas, tenham paciência… chega de
gadgets inúteis!...

Resumindo, na minha opinião, para além de ser um mau produto, do ponto de vista da sustentabilidade, é também de gosto duvidoso… um verdadeiro kitch que fará, quem a vestir, assemelhar-se a um pirilampo (nada mágico) absolutamente piroso…
Será que é mesmo necessário?

Baaaahhhh…

29 de novembro de 2007

Factory Records - The Complete Graphic Album

Robertson, Matthew (2006). Factory Records.The Complete Graphic Album. Chronicle Books.
ISBN 0811856429

P
or recomendação do nosso leitor Marvin the Paranoid Android a sugestão de leitura, desta semana, é o livro “Factory Records.The Complete Graphic Álbum” de Matthew Robertson.

Infelizmente, ainda só consegui ler o pouco que está acessível no Google Books
, mas pareceu-me muito interessante...

da editora…


“A creative juggernaut of the post-punk era, Factory Records was the catalyst behind the U.K. music explosion of the late '70s through the '90s with groups like Joy Division (soon to be the subject of an Anton Corbijn movie), New Order, and Happy Mondays leading the New Wave. At Factory, musicians and designers commingled creatively, with innovators such as Peter Saville, Den Kelly, Mark Farrow, 8VO, and Barbara Kruger elevating album covers to a new art form. The label broke further ground when it opened its own disco, the legendary Hacienda.
Factory Records is the ultimate and only collection of Factory's complete graphic output, including every single piece it produced: extremely rare record sleeves, club flyers, and posters all gathered together for the first time. A must for collectors and enthusiasts, Matthew Robertson's meticulous compilation of underground ephemera is poised to introduce a new generation of music and design fans to the creative genius of Factory”…


Boas leituras.

28 de novembro de 2007

CTT lança primeiro selo de cortiça


Homenageando a importância do sector corticeiro português ao nível da economia bem como o facto de Portugal ser o maior produtor e exportador mundial de cortiça, os CTT lançam hoje o primeiro selo de cortiça do mundo. Desenhado por João Machado, o Selo de Cortiça será colocado à venda com um valor facial de 1 euro e uma tiragem de 230 mil exemplares.
Para além da tiragem prevista, serão emitidos 20 mil exemplares adicionais com uma tarja promocional do grupo Amorim que poderão ser requisitados por coleccionadores até 31 de Janeiro de 2008.
O inédito lançamento terá lugar durante uma cerimónia que contará com a presença do presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, e o presidente dos CTT, Luís Nazaré.
in Jornal Briefing

27 de novembro de 2007

Resultados do Prémio João Branco

Ontem, segunda-feira, dia 26 de Novembro (dia em que o antigo docente da UA completava 55 anos) a Universidade de Aveiro anunciou publicamente os resultados do Prémio João Branco.

O
prémio foi atribuído ao projecto “o typographo na contemporaneidade do designer gráfico”, da autoria de José Artur Moreira Pacheco.

Para além deste prémio, o júri, decidiu também atribuir duas menções especiais, pela sua qualidade e pertinência, aos dois trabalhos seguintes:


# “A prevenção começa aqui: concepção de pictogramas e sinais para o contexto florestal”, do grupo de investigação AISO - Análise Interdisciplinar de Sistemas de Orientação da UNIDCOM/IADE (composto pelos professores Catarina Lisboa, Carlos Rosa, Emília Duarte e Sónia André).


# “Praça comportamental”, de João Victor Inácio Pereira e Rodrigo Rudge Ramos Ribeiro.


Como membro do grupo de investigação AISO, co-autora do projecto
“A prevenção começa aqui: concepção de pictogramas e sinais para o contexto florestal”, sinto-me muito orgulhosa por a qualidade do nosso trabalho ter sido publicamente reconhecida. Especialmente, por isso ter acontecido na primeira edição deste prémio, em memória do João Branco. É um grande estímulo para todos os investigadores, docentes, dirigentes e alunos do IADE, e não só, para que continuem a apostar na investigação e a acreditar na qualidade daquilo que se vai fazendo por cá…

Não queria terminar sem partilhar, publicamente, este reconhecimento com a equipa de alunos que, de forma absolutamente voluntária, ofereceu a sua generosa e preciosa ajuda para a realização deste trabalho. Sem a sua participação, dificilmente os objectivos estipulados teriam sido alcançados.
Certamente que esta terá sido uma experiência enriquecedora para a sua formação, tal como foi para todos nós.

Parabéns a todos os premiados!...

Rapidinhas...


> reddot design award

O Prémio “Red Dot Design Award”, pela sua qualidade e fama internacional, já dispensa qualquer apresentação detalhada...

Para os interessados, as inscrições, da edição de 2008, na área do design de produto, já estão abertas. Até 15 de Dezembro podem beneficiar de um valor mais baixo nas inscrições mas, a primeira fase só termina a 18 de Janeiro de 2008. Para os mais atrasados, ou distraídos, a segunda fase, sujeita a agravamento no valor a pagar, termina a 1 de Fevereiro de 2008.

A submissão de trabalhos termina a 28 de Fevereiro de 2008.


> Citröen C Design Competition

A Citröen anunciou a primeira edição do concurso, inteiramente on-line, "C Design - Combine Connect Create". Este concurso, que está aberto a designers de todo o mundo e de todas as idades, tem por objectivo conceber objectos do quotidiano através da combinação de partes dos carros da marca, disponibilizadas em ficheiros de 3D pelo Style Center Citroën. Este concurso dará origem a uma exposição que estará patente na semana do “Salone del Mobile 2008”, em Milão, Itália.

O registo das candidaturas está aberto até 8 de Janeiro de 2008.


> D&AD Awards 2008

Está a decorrer o período de submissão de trabalhos aos D&AD Awards 2008.

As categorias a concurso são várias: Integrated; TV & Cinema; Radio; Interactive Tv; Broadcast Innovations; Music Videos; Ambient; Direct Digital; Direct Moving; image; Direct Radio; Integrated Direct; Direct Print; Direct Mail; Poster Advertising; Press Advertising; Graphic Design; Packaging Design; Magazine & Newspaper Design; Book Design; Branding Schemes; Brand Application; Product Design; Environmental Design; Digital Installations; Online Advertising; Digital Advertising Campaigns; Digital Innovations; Viral; Mobile Marketing; Gaming; Websites; CD & DVD-ROMs.

O prazo de submissão termina a 16 de Janeiro de 2008.


> Prémios Futura 2ª edição

A AND, em parceria com a Prodigit@l/Fopren, está a organizar a 2ª edição dos Prémios Futura do design de comunicação. Este prémio destina-se a bacharéis e licenciados em design de comunicação (gráfico e multimédia) e visa reconhecer os melhores projectos, elaborados neste sector do design, realizados em Portugal durante o ano de 2007.


A data limite para a apresentação dos trabalhos a concurso é 15 de Fevereiro de 2008.


Links: Regulamento; Ficha



> 2008 SDC Colour Innovation Award

A Society of Dyers and Colourists apresenta o “SDC 2008 Colour Innovation Award”. Este prémio visa distinguir trabalhos inovadores que promovam novas formas de pensar, de usar e de responder à cor num dos seguintes sectores: manufacturing, retail, science, technology, education, media and design. Qualquer instituição, empresa ou escola pode concorrer com trabalhos realizados entre 1 de Janeiro de 2000 e 31 de Dezembro de 2007.

O prazo para submissão de trabalhos termina a 31 de Janeiro de 2008.


Links:

Entry Form (PDF)

www.sdc.org.uk

www.colourclick.org

www.colour-experience.org


24 de novembro de 2007

Design quotes

"Design is too beautiful, too important and too creative to leave out of art galleries. It expresses the spirit of its epoch and sometimes reflects social conditions more reliably than the more ambiguous fine arts, such as painting, installation or photography."

Robert Nelson, art critic of The Age


23 de novembro de 2007

A tipografia no design de avisos #1

A tipografia é uma variável fundamental no design de um aviso, que tenha uma componente textual. Entenda-se, por aviso, toda a informação de segurança que pode ser transmitida ao Homem, para que este possa ter uma interacção segura com o produto, ambiente ou sistema. Neste grupo estão incluídos rótulos de embalagens, etiquetas em máquinas, manuais de instruções, sinais de segurança de aplicação em instalações, entre outros.



Como é óbvio, qualquer recomendação sobre tipografia terá que considerar as especificidades de cada tipologia de aviso, uma vez que, cada um deles terá características intrínsecas próprias, utilizadores diferenciados e estará sujeito a diferentes interacções. No entanto, parece-me importante destacar o facto de, no caso dos avisos, a tipografia ser encarada fundamentalmente pelo prisma da eficácia na transmissão da mensagem e não sobre as questões mais subjectivas, relacionadas com o gosto ou as tendências. O mesmo é dizer que, o que está em causa não é o design do aviso em si, mas sim, como aumentar a segurança das pessoas. Muito embora, uma coisa esteja associada à outra...

No que diz respeito aos avisos, é preciso ponderar esta questão: Chamar a atenção, agradar, inovar, ser legível e/ou de fácil leitura e compreensão não são, exactamente, as mesmas funções. O que será mais importante para que um aviso seja eficaz?

Quando se concebe um aviso, com componente textual, as decisões tipográficas podem ser classificadas em 2 grandes categorias: escolha da fonte e o layout. Na escolha da fonte, as decisões serão sobre o tipo, o tamanho e o estilo. Quanto ao layout, estas escolhas dirão respeito à estrutura visual/organização que será dada ao conteúdo textual.

Teremos, também, que equacionar questões como o contraste e/ou as cores entre letras e fundos, que afectam, de forma crítica, o desempenho. Quanto a este assunto, devemos pensar, sobretudo, na legibilidade e no reconhecimento automático das formas das letras/palavras, que é um problema de percepção. Mas também, convêm não esquecer as questões da facilidade de compreensão dos textos. Em Inglês usam-se 2 termos para estes dois aspectos: legibility e readability, em Português, podemos falar em formalização (informação gráfica) e redacção (informação linguística), muito embora, em Português do Brasil, seja usada a palavra leiturabilidade como equivalente a readability… Outro aspecto curioso prende-se com a percepção de perigo e de nível de risco, inerentes ao produto/sistema, que são transmitidos pelo aviso. Sendo que, a tipografia é parte fundamental nesta avaliação.



Esta nova série de “posts”, que inicio hoje, servirá então para debater algumas das questões, aqui mencionadas, sobre a tipografia aplicada ao design de avisos de segurança…

> Considerações gerais sobre fontes tipográficas / tipos
> Legibilidade
> Cor
> Perigo percepcionado
> Redacção
> Layout

22 de novembro de 2007

Venture One um triciclo amigo do ambiente


A Venture Vehicles desenvolveu um veículo de 3 rodas revolucionário - o VentureOne.

Este triciclo, que tem comercialização prevista para 2008, tem capacidade para 2 ocupantes e atinge uma velocidade máxima de 160km/h. Existe uma versão exclusivamente eléctrica e uma híbrida, combinado energia eléctrica e gasolina. A versão eléctrica terá uma emissão zero de gases poluidores e alcançará a velocidade máxima de 120 km/h, com uma autonomia de 321 km.


O design do VentureOne pertence ao BMW Group Designworks USA. Ao nível do chassis, a tecnologia usada, patente da Carver, permite que o corpo do triciclo se incline nas curvas, mantendo as três rodas em contacto com o solo.

Eu nunca conduzi o VentureOne mas, pelo que tive oportunidade de observar no vídeo, deverá ser uma experiência fantástica. Já sinto a adrenalina a correr... pois sou uma fã incondicional de motos! Infelizmente, por motivos de saúde, já não posso conduzi-las :-S

21 de novembro de 2007

Looking Closer 5: Critical Writings on Graphic Design

Beirut,M.; Drenttel, W. & Heller,S. (eds.) (2007). Looking Closer 5: Critical Writings on Graphic Design, New York, Allworth Press. ISBN 978-1-58115-471-9

A sugestão de leitura desta semana recai sobre uma colectânea de ensaios pertinentes e controversos sobre o design gráfico, no período entre 2001 e 2005.

Entre os autores, mencionados nesta colectânea, destacam-se Milton Glaser, Maud Lavin, Ellen Lupton, Victor Margolin, Mr. Keedy, David Jury, Alice Twemlow, Steven Heller, Jessica Helfand, William Drenttel, Michael Bierut, Michael Dooley, Nick Curry, Emily King...

Entre os muitos temas discutidos podemos encontrar: design como cultura popular, design como arte, politica, estética, responsabilidade social, tipografia, futuro do design, entre outros.


Uma obra de referência para quem quer aumentar a sua cultura sobre design.
A não perder...

20 de novembro de 2007

Bikedispenser



Quando, cada vez mais, se fala de sustentabilidade, de alterações climáticas, de poluição, de crise petrolífera, de greves gerais, nada melhor que recorrer à velha amiga bicicleta. Com a vantagem adicional de se queimarem algumas calorias extra, de ajudarmos a manter a saúde e a boa forma física.

Muitas cidades, por esse mundo fora, Portugal inclusive, já disponibilizam bicicletas de aluguer aos seus cidadãos. Mas, infelizmente, em Lisboa, talvez pela sua geografia acidentada, não há tradição no uso deste equipamento. Contudo, um problema que aflige as autarquias, que aderiram a esse serviço, é o vandalismo, os roubos a que as bicicletas estão sujeitas e custos com o pessoal necessário ao funcionamento do sistema de aluguer. Para tentar resolver estes problemas, uma firma de Amesterdão propôs o Bikedispenser, uma máquina, totalmente automática, dispensadora de bicicletas. Esta máquina promete facilitar o aluguer das bicicletas, em espaço urbano, especialmente nas zonas onde faz mais falta, como nas estações de transportes ou parques públicos.

A Bikedispenser poderá armazenar entre 50 a 100 bicicletas, num espaço compacto e seguro. Os utilizadores pagarão um aluguer reduzido, para usar a bicicleta, que poderão entregar, mais tarde, em qualquer outra Bikedispenser da cidade. O sistema funcionará de forma electrónica, recorrendo ao auxílio de um cartão com chip electrónico que identifica o utilizador e a bicicleta.

Fácil.

Só não consegui perceber como se resolve a questão das bicicletas danificadas, com furos, etc... Se a máquina disponibiliza um equipamento em mau estado como fazemos para reclamar e levar outro? Onde ficam as bicicletas à espera de revisão?

Mesmo assim, são boas ideias que facilitam a vida e ajudam o planeta!

Adorava ver isto por cá…

19 de novembro de 2007

Rapidinhas...



> Design for Social Innovation : Destination 2025


No International New Designers Workshop 2007, jovens designers irão tentar responder à questão: How can we create an ecologically sustainable society by conserving the global environment?


Os participantes do workshop começarão os trabalhos visitando a exposição "Eco-Products 2007", depois, seguirão para Nagoya, Chubu, Japão, onde realizarão um passeio para observar as soluções tecnológicas aplicadas, na região, para promover a sustentabilidade da sua indústria. Só depois desta pesquisa de campo se irão juntar à 2ª "International Conference of Design for Sustainability Destination 2007-2025".


O workshop está aberto à participação de estudantes de arquitectura, designers industriais, designers de comunicação e multimedia, entre outros.


O prazo para as inscrições termina a 24 de Novembro de 2007.



> UPA China User Friendly 2007


O evento
UPA China / User Friendly 2007 irá juntar, durante 3 dias, em Pequim, China, cerca de 700 participantes ligados à usabilidade e ao design de sistemas de informação. O tema deste encontro é: Connecting User Experience Communities
.

Data do evento: 23 e 25 de Novembro de 2007.

Local: Jiuhua SPA & Resort, Beijing, China.

Ver programa
AQUI.



> 2008 Design Research Society International Conference

A conferência da Design Research Society - DRS Shefield 2008 - é uma excelente ocasião para conhecer e discutir as mais recentes pesquisas em design, assim como partilhar ideias e planear o futuro.

O tema desta edição da conferência é "Undisciplined! - Rigour in emerging design disciplines and professions."

Local e data do evento: Sheffield, Inglaterra, 16-19 de Julho de 2008.
O prazo para submissão de resumos é 1 de Dezembro de 2007.


> Designism : Design for Social Change

O Art Directors Club (ADC) realiza, pela segunda vez, um evento anual de activismo social ligado ao design. O evento deste ano - Designism 2.0: An Event in 3 Parts. SEE: TALK: ACT – acontecerá no próximo dia 13 de Dezembro de 2007.

O ADC promete uma tarde cheia de apresentações inspiradoras, com a participação de Milton Glaser, Steven Heller, Elizabeth Resnick, Ji Lee, Tony Hendra
, entre outros, conversas polémicas e muita vontade de acção.

Em simultâneo, os participantes poderão visitar a exposição dos posters seleccionados para o Graphic Imperative: International Posters for Peace, Social Justice, and the Environment 1965-2005.

Local do evento: The ADC Gallery, 106 West 29th Street (between 6th and 7th Aves). New York City. USA.




> Volvo SportsDesign Award 2008 : EcoDesign


"There's no business to be done on a dead planet!".


Pelo quarto ano consecutivo, a Volvo, em cooperação com a “International Sports Goods Trade Fair” de Munique (27-30 de Janeiro de 2008), promove o VOLVO Sports Design Award. O tema é EcoDesign: Form Follows Sustainability.


As categorias a concurso são: ski equipment, board equipment, outdoor equipment, apparel, wheelers, accessories, concepts, and special category material technology / radical solutions. A categoria de conceitos é exclusiva para jovens designers.


O período de submissão termina a 21 de Dezembro de 2007.





> Hanging the Change : Design Visions, Proposals


A conferência "Changing the Change" tem por objectivo geral contribuir para modificar a direcção actual do design, empurrando-o no sentido de um futuro sustentável. Especificamente, a conferência ambiciona destacar as mais recentes pesquisas do design, ao nível da visão, propostas e ferramentas, que possam ser enquadradas num processo de aprendizagem social global.


A conferência, organizada pelo Co-ordination of Italian Design Research Doctorates, em parceria com o Conference of Italian Design Faculty Deans and Programme Heads, ocorrerá em Torino, entre 10 e 12 de Julho de 2008.


O período de submissão de resumos termina a 21 de Janeiro de 2008.


17 de novembro de 2007

Design quotes

“The design business continues to navel gaze. Designers are still designing for designers rather than working to convince the business world of the importance of design in our everyday lives".

Joe Duffy.


16 de novembro de 2007

Sondagem de opinião



No âmbito da celebração do 2º aniversário do blog “o design e a ergonomia” decidimos avaliar a opinião que os nossos leitores têm sobre este projecto. A sondagem já encerrou e, hoje, publicamos os resultados para memória futura.


A pergunta era simples: “Como avalia este blog”.

A resposta podia ser dada numa escala de 5 pontos (Muito mau, mau, razoável, bom e muito bom).

A esta pergunta responderam 125 leitores.

No geral, as avaliações são positivas: 5% consideraram este blog razoável, 31% bom e 40% muito bom. Contudo, também existem leitores que nos avaliam negativamente, 4% consideraram este blog mau e 18% muito mau.


Os resultados obtidos permitem-nos concluir que vamos no bom caminho e que este projecto está a alcançar os objectivos a que se propôs. Muito natural e saudavelmente, assumimos que é impossível alcançar o consenso pleno. Estes resultados valem o que valem mas, ficámos muito satisfeitos por descobrir que causamos um impacto forte na opinião dos leitores e não caímos naquela faixa cinzenta da indiferença, ou seja, transitamos entre o amor e o ódio ;-)

Isso é bom… é sinal de vitalidade.


Esperamos continuar a ser dignos do vosso interesse e que, num futuro próximo, possamos ser ainda melhores…

Obrigada.


15 de novembro de 2007

The Big Green Challenge


O Big Green Challenge é uma iniciativa da NESTA que visa estimular as pessoas a procurar soluções para questões associadas às mudanças climáticas como, por exemplo, a redução das emissões de CO2 e a redução dos consumos de energia.

Este prémio, no valor de 1 milhão de libras esterlinas, tem a particularidade de se destinar apenas a organizações, ou grupos de pessoas, devidamente constituídas como organizações sem fins lucrativos.


Vencerão os grupos/organizações que forem capazes de: reduzir significativamente as emissões de CO2 na sua comunidade; envolver a comunidade nestas questões; demonstrar que as ideias propostas irão continuar a funcionar depois do Big Green Challenge ter terminado e demonstrar que as suas ideias são inovadoras e podem ser aplicadas noutros contextos e noutra escala.


Se estiverem interessados em participar, mas não estejam inseridos numa organização sem fins lucrativos, sugiro que contactem a Loja do Saber.

e-mail: geral@lojadosaber.net


As candidaturas podem ser entregues até 29 de Fevereiro de 2008.


14 de novembro de 2007

Novidades tipográficas




It took three years and three designers
to develop FF Meta® Serif. All through the ’90s, Erik Spiekermann made several attempts at designing a counterpart for his groundbreaking FF Meta®. Fans of Meta frequently asked him which serif face would best complement it. He recommended Swift™, Minion™, FF Clifford™, and others, until he realized that he should just buckle down and draw his own serif Meta. True to his principle of collaboration, Spiekermann enlisted the help of accomplished type designers Christian Schwartz and Kris Sowersby.

Se a FF Meta de Spiekermann foi ( e é) um sucesso tipográfico, esta nova variante da família das romanas, a FF Meta Serif promete também ela ser um verdadeiro sucesso de vendas!
Equilibrada, harmoniosa, com pormenor e carácter, esta variante serifada é de facto um belo exemplo do melhor que se faz na área do typedesign.

Link:
http://www.fontshop.com/features/newsletters/nov2007_a

Cão Azul e TRex

A Cão Azul é já uma referência incontornável ao nível das t-shirts humorísticas made-in Portugal.

A marca é liderada por 2 criativos, Joaquim Mira, 31 anos e João Vallera, de 37 anos.
Inicialmente só vendiam pela Internet mas, agora, já abriram uma loja em Lisboa.



Demonstrando grande dinamismo e ambição, esta dupla criou uma nova marca, a TRex, que tem por missão comercializar T-shirts com ideias de outros criativos, cobrando, em troca, uma comissão.

Por várias razões, a ideia agrada-me bastante...
Se tiver tempo talvez arrisque a enviar para lá algumas propostas :-)


13 de novembro de 2007

Divulgação de site

Caros leitores:

Recebi este e-mail, que divulgo:

Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desactivada por falta de acessos.

Imaginem um lugar onde vocês podem, gratuitamente:
a) ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci;
b) escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
c) ler obras de Machado de Assis; ou a Divina Comédia;
d) ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA e muito mais.

Esse lugar existe!
O Ministério da Educação do Brasil disponibiliza tudo isso. Basta aceder ao site:
www.dominiopublico.gov.br.
Só de literatura portuguesa, são 732 obras!

Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto, por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.

Divulguem para o máximo de pessoas, por favor.

SHO 2008



O SHO 2008, Colóquio Internacional de Segurança e Higiene Ocupacionais, decorrerá nos dias 7 e 8 de Fevereiro na Escola de Engenharia da Universidade do Minho, em Guimarães.

O programa está organizado em diversas sessões temáticas: Ambiente físico e ergonomia; Gestão da prevenção; Segurança de transportes; Educação e Formação em Segurança e Higiene do Trabalho; Prevenção e protecção contra incêndio.


Os interessados em apresentar comunicações deverão enviar um resumo (em Português ou Inglês), com o máximo de 200 palavras, até ao próximo dia 4 de Janeiro de 2008 para o e-mail: sho2008@gmail.com.


Poderão consultar o programa actualizado, fazer a inscrição on-line e obter mais informações em: http://sho2008.no.sapo.pt


12 de novembro de 2007

Rapidinhas...


> Concebe o novo rótulo para a Sagres Mini!

A Cerveja Sagres está a realizar o MINI DESIGNERS EDITION , que é uma campanha dirigida a designers, artistas, ilustradores, aficionados, amadores, interessados, curiosos, ... O desafio é conceber um rótulo para a MINI.

Submissões de trabalhos até 30 de Novembro de 2007.

Podem consultar o Regulamento AQUI


> Design Plus na Ambiente 2008


O Design Plus é um concurso internacional de design de produto que se insere no âmbito da feira Ambiente, que decorrerá em Frankfurt, Alemanha, entre 8 e 12 de Fevereiro de 2008.


Submissões até 30 de Novembro de 2007.



> 2008 Annual Design Review


Está a decorrer o período de submissões de trabalhos para o 2008 Annual Design Review da revista I.D. on line. Os trabalhos vencedores serão publicados no número de Agosto de 2008 da revista.


Submissões até 1 de Dezembro de 2007

Links: informação e formulário de inscrição



> International Furniture Design Fair Asahikawa


O Concurso Internacional de Design de Mobiliário, integrado na feira IFDA (International Furniture Design Fair Asahikawa) é considerado um dos mais importantes eventos de design de mobiliário, não apenas no Japão mas, também, a nível internacional, servindo como um indicador das futuras tendências nesta área do design.


Submissões até 7 de Dezembro de 2007


10 de novembro de 2007

EUROPEAN FILM FESTIVAL ESTORIL



De 08-11-2007 a 17-11-2007
Concelho: Cascais
Telefone: 214681926/28
Email: info@europeanfilmfestivalinestoril.com
Web Site:
http://www.europeanfilmfestivalinestoril.com

Primeira edição deste festival internacional inteiramente dedicado ao cinema europeu.
O evento vai ser coordenado por Paulo Branco, que conta com o apoio de Bertolucci como conselheiro, e decorrerá de 8 a 17 de Novembro no Casino Estoril e em salas do concelho de Cascais.
Durante o certame vão competir 14 filmes pelo título de "melhor", decisão que vai ser tomada por um júri ligado a várias áreas. Da programação fará parte também a maior e mais completa retrospectiva da obra de Pedro Almodóvar alguma vez exibida. O realizador espanhol já confirmou que vai estar no Estoril para acompanhar a mostra. O festival inclui ainda uma homenagem ao realizador norte-americano David Lynch, mostras paralelas e vários momentos de discussão e reflexão.

MUSEU NACIONAL DE ARTE CONTEMPORÂNEA



19 Outubro 2007 a 7 Janeiro 2008
Pisos 0, 1, 2 e 2A
Terça a domingo:10.00-18.00 h
Obras dos seguintes autores:
· Vito Acconci · Samuel Beckett · Dara Birnbaum· Matthieu Laurette· Peter Campus· Stan Douglas· Chris Marker. Valie Export . Bruce Nauman . Jean-Luc Godard · Marcel Odenbach . Douglas Gordon · Tony Oursler · Dan Graham · Nam June Paik · Gary Hill . Pierre Huyghe . Bill Viola · Martial Raysse


O Centre Pompidou Novos Media 1965-2003 apresenta a história dos novos media através de trabalhos históricos de alguns dos mais importantes artistas contemporâneos: de Nam June Paik a Pierre Huyghe, de Samuel Beckett a Stan Douglas, de Valie Export a Dan Graham passando por Bruce Nauman, Chris Marker, Bill Viola ou Douglas Gordon, entre outros. Um total de 19 artistas, de quem se apresentam 23 obras, todas elas pertencentes à colecção de Novos Media do Centre Pompidou, em Paris.

O vídeo enquanto medium artístico surgiu no princípio da década de 60, sendo utilizado sobretudo pelos artistas para registar os seus trabalhos performativos. Desenvolvendo-se durante a década seguinte como uma alternativa prática ao filme, o vídeo, tal como a televisão, tornou-se massivamente acessível, passando a ser especialmente apelativo para os artistas que procuram uma audiência alargada para o seu trabalho. Nos anos 80 torna-se cada vez mais comum e o termo new media é cunhado para referir o vídeo enquanto expressão artística. Alguns artistas, que o utilizavam apenas como meio para documentar trabalhos efémeros, começam a explorar este novo terreno, recorrendo a estratégias da emissão televisiva, de forma a realizarem uma crítica à linguagem dos mass media ou experimentando as capacidades técnicas do suporte (circuitos fechados, feedback, fast-forward ou câmara lenta, etc.). Outro sentido da evolução do vídeo enquanto medium ocorre sobretudo ao longo dos anos 90, quando alguns artistas aprofundam a experimentação com a instalação, através do desenvolvimento de mecanismos discursivos, ou do recurso a sistemas narrativos cinemáticos. Nos anos 2000, outras orientações têm vindo a ser perseguidas com pesquisas ao nível da tecnologia, da interactividade, da teatralidade e, sobretudo, do documentário.

Comissariada por Christine Van Assche, curadora do departamento de Novos Media do Centre Pompidou, a exposição é organizada em quatro núcleos conceptuais – Para uma televisão imaginária; Pesquisas de identidade; Do vídeo à instalação; Pós-cinema –, que contribuem para a explanação de um entendimento da história do vídeo nos últimos quarenta anos, que extravasa os parâmetros cronológicos.

Design quotes

“Design builds the bridge between the black box of technology and everyday practice.”
Gui Bonsiepe.

9 de novembro de 2007

devaneio tipográfico

Será a gozar?!...



Segundo a sua criadora, a arquitecta Simone Brewster, o
Office Collar foi concebido em resposta aos ambientes de trabalho “open space”. Supostamente, estes “colares” funcionam como uma forma de isolamento espacial, estreitando o campo de visão e, portanto, possibilitando ao seu utilizador uma maior concentração nas tarefas que se desenrolam, exclusivamente, na sua frente.

É, no mínimo, uma solução humilhante. No entanto, a autora afirma ter gostado muito de ter usado a sua criação...???

Só pode ser a gozar!... Não acham!?...

E que tal se, alternativamente, passássemos antes a usar uma destas palas, de design clássico, mas muito funcional…


E ainda dizem mal dos burros...
Não há palavras para isto.
:-(

8 de novembro de 2007

Dia Mundial da Usabilidade 2007

Hoje, dia 8 de Novembro, comemora-se mais um Dia Mundial da Usabilidade.


Este ano, o lema é “Healthcare”. A ideia central é perceber até que ponto a nossa saúde é afectada pelo design (ou falta de qualidade deste).


“(…)The focus for World Usability Day 2007 -- November 8, 2007 -- is healthcare. Whether it's new medical devices or technologies; drug research, approval, or delivery; patient forms or medical record sharing; emergency disaster planning; increasing the functionality of hospitals; or everyday healthcare delivery, EVERYONE is affected by usability in healthcare.

World Usability Day (…)”.

No site da World Usability Day podem encontrar informação sobre diversos eventos, que ocorrem a nível mundial, para comemorar este dia.

Em Portugal, no âmbito destas comemorações, realizam-se, em Vila Real, nos dias 8 e 9 de Novembro de 2007, as 2ªs Jornadas sobre Desenvolvimento de Software para melhoria de Acessibilidade e combate à Info-exclusão (dsai2007), organizadas pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, com o apoio da APPU.


Também, no âmbito deste Dia Mundial da Usabilidade, a Associação Portuguesa de Profissionais de Usabilidade lança o site de protesto "Díficil de Usar". O seu objectivo é recolher testemunhos de objectos/serviços/sites que nos colocam dificuldades no dia a dia.

O site irá manter-se activo até ao final de Novembro, altura em que serão compilados todos os testemunhos e enviados às entidades responsáveis pelos objectos do protesto.

7 de novembro de 2007

Top 100 User-Centered Blogs


Jessica Hupp publicou, no site virtualhosting, uma lista dos Top 100 User-Centered Blogs.

Mesmo que não estejamos de acordo, com as escolhas feitas pela autora, esta é uma lista que vale a pena guardar, pois facilita muito a vida a quem deseja manter-se actualizado sobre as questões do Design Centrado no Utilizador.

Alguns links já existiam na nossa barra lateral, outros serão acrescentados depois de analisados cuidadosamente.

“The Top 10

These blogs are the best of the best when it comes to user-centered discussions.

1# Signal vs. Noise: Written by 37signals, the makers of simple, elegant tools like Ta-da List and Basecamp, this blog discusses up-to-the-minute information on design, experience, simplicity, and more.

2# 456 Berea Street: Visit this very popular blog for insight into the world of web standards, accessibility, and usability.

3# ./with Imagination: As a leader in user interface engineering, Dustin Diaz has a lot of knowledge to offer in this arena.

4# Functioning Form: Luke Wroblewski’s Functioning Form offers extensive information on user interface design.

5# This is Broken: This is Broken features a round-up and commentary on user experiences, good and bad.

6# Adaptive Path: Adaptive Path strives to create experiences that “improve people’s lives,” and they love to share what they’ve learned with others.

7# Boxes and Arrows: The subject matter focuses on interaction design and other closely related topics, but this blog sets an example because it’s a peer-written journal composed of mainly user-generated content.

8# A List Apart: A List Apart’s insightful articles cover important issues in design and development with an emphasis on web standards.

9# UX Matters: This web magazine delivers top-notch content about strategies for improving user experience.

10# UX Magazine: For this magazine, “user experience is everything.” Check it out for a round-up of all that’s important to enhancing user experience.

Accessibility

When designing your site, you can’t forget about people with disabilities. Find out more about how you can make your web development open to everyone by reading these blogs.

11# 200ok: This blog by Ben Buchanan discusses web development, paying special attention to accessibility and web standards.

12# Accessify: Check out Ian Lloyd’s Accessify to learn how you can make what you develop more accessible.

13# Curb Cut: Visit the Curb Cut blog for loads of resources and discussions about accessibility.

14# Unintentionally Blank: Phil Nash writes about web standards, particularly focusing on accessibility and usability.

15# Clagnut: Check out Clagnut for Richard Rutter’s insight on design and accessibility.

16# MCU: Jim Byrne, author of 60 Hot to touch Accessible Web Design tips, offers insight into the world of accessibility, disabilities, and web design.

17# Anitra Pavka: This blog provides news, commentary, and articles on topics concerning web accessibility.

18# Rosie Sherry: Rosie Sherry discusses testing and tools that revolve around accessibility and web standards.

19# Wise Guys Only: Tim Roberts discusses the tricky combination of Ajax and accessibility.

20# Accessities: Accessities proves that websites can be both accessible and attractive.

21# Segala: Segala evangelizes accessibility and trust in web design.

Human Computer Interaction

Web pages don’t just load themselves — people find them and open them. These blogs discuss the intersection of humans and computers in design.

22# Interaction Design: Visit Interaction Design for an introduction to human computer interaction, interaction design, information architecture, and more.

23# Population of One: Sylvie Noel discusses her work on human computer interactions.

24# Human-Computer Interaction Design: Read David Roedl’s blog for information on human-computer interaction with a focus on topics like sustainable interaction design, experience-focused HCI research, and more.

25# Ergonomenon: Ergonomenon discusses the intersection of ergonomics and human-computer interaction.

26# Information Architects: Information Architects takes a look at interfaces that people like to use.

27# User Designer: Mike Bennett writes about human-computer interaction and interaction design, focusing on research and resources for user implementation.

28# Gotomobile: Gotomobile discusses people-friendly interface design and standards in user-centered design principles.

29# Another HCI Blog: Read about Beck Tench’s thoughts on her HCI work at Another HCI Blog.

30# YuBlog: The YuBlog helps readers learn how to improve user experience by considering human factors.

Web Standards

Web standards ensure that it’s easy for a wide variety of people to be served with quality web pages. Check out these blogs to find out more about web standards and how you can implement them in your own design.

31# Standard Web Standards: Regnard Kreisler C. Raquedan covers the essentials of web standards and usability.

32# Indelv: Check out this portal for web standards that includes reviews, news, tools, and more.

33# Standards Schmandards: Peter Krantz shares solutions, tools, and code for designing within web standards.

34# Muffin Research: Muffin Research focuses on web development with special attention devoted to web standards.

35# Zeldman: Jeffrey Zeldman, author of Designing With Web Standards, discusses the importance and implementation of web standards.

36# The Web Standards Project: The Web Standards Project evangelizes standards 37# that make development easier and websites more accessible.

37# Meyer Web: Eric Meyer discusses the importance of web standards and good design.

38# Ordered List: Steve at Ordered List covers the imporance of web standards in information architecture, web design, and more.

39# Max Design: Max Design focuses on web standards, usability, CSS, and accessibility.

40# Andy Budd: Andy Budd’s blog is about web design, particularly web standards, user centered design and information architecture.

41# Duoh: Verlee, CEO of Duoh, promotes the benefits of web standards.

42# Just Add Water: On Just Add Water, you’ll find a wealth of information on web standards, usability, and accessibility.

43# Monday By Noon: Jonathan Christopher discusses the latest in web standards and how they affect the Internet.

User Experience and Interaction

In user-centered development, it’s all about how people experience what you’ve designed. Get more on this subject with these blogs.

44# Flamelab: Read this blog to find out about user experience, the aesthetics of interaction, and more.

45# Interaction Design Online: Lindsay Lauters discusses topics concerning user-centered design, accessibility, and more.

46# Usability Forum: Visit this blog for a group discussion on the usability of everyday things and the frustration that ensues when functionality isn’t considered.

47# [BEEP]: Find out what Peter Boersma has to say about user experience design in Web 2.0 and information architecture.

48# Mike Industries: Mike Industries covers commentary on user interfaces and web design.

49# Warpspire: Kyle Neath’s Warpsire blog is about web design, and it’s full of resources for interface architecture and usability.

50# Experience Planner: Scott Weisbrod discusses the many factors that go into creating a positive customer experience.

51# Good Experience: Good Experience encourages readers to focus on customer experience.

52# Customer Experience Crossroads: Visit Susan Abbott’s blog to find out how to create a “branded customer experience.”

53# Church of the Customer: Jackie and Ben evangelize positive customer experiences.

54# Keith Instone: Keith Instone keeps readers up to date on the latest in making websites usable.

55# Advanced Common Sense: Steve Krug helps readers improve the interfaces and usability of their websites.

56# Total Experience: Bob and Paula discuss design and experience as it affects our lives.

57# GUUUI: GUUUI is a resource for interaction designers, with posts about tools, tests, and handy tricks.

58# Software As She’s Developed: Michael Mahemoff, author of Ajax Design Patters, discusses the intersection of usability and Ajax.

59# WebWord: John Rhodes educates readers on topics in usability and human factors in design.

60# Logic+Emotion: David Armano writes about experience design and the intersection it makes with business.

61# D. Keith Robinson: Find out what web experience expert David Keith Robinson has to say about design, web standards, content, and more.

62# Design By Fire: Andrei Michael Heraslmchuk, owner of Design By Fire, was one of the first official interface designers for Adobe Systems. Check out his blog for insight on web standards, design, and user interfaces.

63# Challis Hodge’s UXblog: Challis Hodge discusses user experience and provides loads of resources for further UX education.

64# Compete on Usability: Joshua Ledwell encourages readers to concentrate on user experience.

65# Experientia: Experientia offers a look into user experience, design and innovation that puts people first.

66# The Product Usability Weblog: This blog discusses news, research, and current events related to consumer product usability.

67# Usernomics: Read Usernomics to find out more about user interface design, human factors, and ergonomics.

68# ExperienceCurve: Karl Long discusses the intersection of social media, marketing, and customer experience.

69# Vanderwal: Thomas Vanderwal covers the topics of information architecture, interaction design, and more.

70# Louis Rosenfeld: Lou Rosenfeld, author of Information Architecture for the World Wide Web, discusses current issues and thoughts in the fields of user experience and information architecture.

71# iaslash: iaslash covers topics related to user interface design, usability, and other concerns surrounding access and use of information.

72# Etre: Etre discusses usability, accessibility and findability in this interesting blog.

User-Centered Design

Design is more than just aesthetics. Read these blogs to find out how to make your development attractive and functional.

73# PinPoint Performance Solutions Blog: On this blog, you’ll find commentary on user-centered design, testing, and performance improvement.

74# Usability Blog: Read this blog for Paul Sherman’s take on usability, user-centered design, and user experience.

75# Presentation Zen: Presentation Zen focuses on presentation design, both in person and otherwise.

76# User Interface Engineering: UIE delivers the latest in interesting usability design news.

77# iQ: iQ takes a look at what works and what doesn’t, and offers advice on how you can design a good user experience.

78# Design Thinking Digest: Chris Bernard discusses design thinking that revolves around user experiences.

79# Bokardo: Joshua Porter offers his take on web design with people in mind.

80# Cre8pc: Cre8pc focuses on holistic usability, accessibility and “people on purpose” web design.

81# Dexo Design: Russell Wilson, an expert in the field of interface design, offers his take on issues and current events in user-centered design.

82# Interesource: This blog discusses designing the web for people.

83# Engage!: Dave Malouf reminds readers that “the core purpose of design is to engage” and solve problems.

84# Information Aesthetics: Information Aesthetics celebrates data visualization and visual communication.

85# Small Surfaces: Small Surfaces discusses interaction design, user interface, and other design topics related to mobile technology usability.

86# Alertbox: Jakob Nielsen, the “king of usability,” offers insight into ways to make the Internet easier to use.

87# Design & Emotion: Brush up on the latest in user design with Marco van Hout.

88# Laws of Simplicity: John Maeda discusses how the laws of simplicity affect design, business, technology and life.

89# Eyetools Eyetracking Research: Learn about design and content optimization that revolves around where users’ eyes rest.

User-Centered Writing and Content

Web 2.0 has brought on all sorts of social media and crowdsourcing content. Find out how you can successfully harness this phenomenon to become more user-centric.

90# Viaspire: Discover content strategies, information architecture, and other user-centered topics at Viaspire.

91# What’s Next Interactive: Find out about functionality and interactive content from Kathryn Campbell.

92# User Effect: This blog discusses how the user-driven Web 2.0 movement makes usability and user-centered design essential.

93# Futurelab: Futurelab covers the why and how of customer-centric marketing and strategy.

94# Consumer Generated Media: Pete Blackshaw discusses the future of consumer generated media.

95# InfoDesign: InfoDesign writes about the importance of “relevant, clear, and memorable information.”

96# UXB: Shane Morris, a user experience evangelist for Microsoft, covers interaction, usability, user-centered design and more.

97# Work Play Experience: Adam Lawrence tells readers how the showbiz approach can help strengthen experience design.

98# Subtraction: Read what this design director for the New York Times has to say.

99# A Brief Message: A Brief Message discusses (briefly) real-world design.

100# Nooface: Nooface explores design and content for interfaces beyond the PC”.