30 de abril de 2009

Portugalo. Para uma dinâmica da cultura portuguesa.



Quem não se lembra do galo do tempo?
E das varinas da Nazaré? E dos antigos piões e io-ios de madeira?
Todos nós obviamente...
A equipa da Portugalo também se lembrou e decidiu pegar nessas nossas recordações, explicá-las aos visitantes estrangeiros e fazer disso um negócio.
Pegaram em vários produtos tradicionais portugueses que povoam o nosso imaginário, dividiram-os por famílias e encaixaram-os em blisters juntamente com um cartão onde vem a história do produto em questão em biligue.
Ou seja pegaram nos mais característicos produtos tradicionais, criaram outros direccionados ao turismo, e com uma comunicação e imagem bem cuidada, desenvolvida e gerida pelo meu antigo aluno e agora designer Ricardo Macieira, deram-lhe uma nova roupagem, acrescentaram-lhe a componente histórica e prepararam a sua comercialização tanto para os nós, os portugueses, como para os turistas que nos visitam.
Numa altura em que a palavra crise é predominante no nosso vocabulário é bom ver uma empresa que, para além de promover o nosso país, dinamiza também o mercado de produção de souvenirs artesanais, dando trabalho e volume financeiro a artesãos e a pequenos negócios de família.
E eu digo ainda, 20 valores para a iniciativa!

Queres que te faça um desenho?!?!...

Há uma expressão que diz que "uma imagem vale por mil palavras".
Efectivamente, essa é uma das grandes vantagens do uso de formas de comunicação visual, não verbal, como os pictogramas, ilustrações, diagramas, etc.

Contudo, há ilustrações que são hilariantes, como é o caso das explicações ilustradas sobre como (não) tratar um bebé que divulgo neste post.
No meu entender, há coisas que são tão óbvias que desenhá-las faz-nos parecer verdadeiros idiotas.





Encontrei estas imagens aqui e parece que fazem parte de um livro chamado Safe Baby Handling Tips de David & Kelly Sopp.

A quem ofereceriam estas instruções?
.

29 de abril de 2009

O papel das metáforas no design de produto

É mais do que reconhecido o importante papel das metáforas no design. Não resisti, por isso, a reproduzir uns exemplos curiosos, de metáfora e "contra-metáfora", aplicados ao universo dos telefones, que encontrei no blog nitroglicerine.


O primeiro exemplo é a transposição, para os telefones públicos fixos, da metáfora dos telefones móveis, feita pela Telefónica Telecomunicaciones Públicas. Esta intervenção assume-se como uma tentativa para revitalizar um produto que parecia destinado a desaparecer, acrescentando-lhe funcionalidades, como os sms, entre outras, típicas dos telefones móveis actuais.


O segundo exemplo, que é o inverso do anterior, faz a transposição da célebre cabine telefónica inglesa para os telefones móveis.

Se, no primeiro caso, eu entendo o esforço, neste último caso, na minha opinião, acabou por se produzir uma solução absolutamente kitch.

Para começar, interessa definir o que é uma metáfora. Uma metáfora, na prática, descreve um determinado sujeito como sendo igual, de alguma forma, a um outro objecto. São, por isso, um recurso muito comum na literatura e na poesia mas, também, no design.

"metaphor describes a first subject as being or equal to a second object in some way".

O problema do uso das metáforas é que estão circunscritas no tempo, no espaço e na cultura. Naturalmente, os designers, devem manter-se atentos ao surgimento, bem como ao desvanecimento, das metáforas. Porém, alguns casos são bem complicados de resolver, pois não sabemos quando os utilizadores estarão receptivos a largar o imaginário antigo e disponíveis para actualizar os seus modelos mentais.

Veja-se o caso do ícone para "save" (gravar), nas interfaces dos softwares.
Há quanto tempo a velha disquete desapareceu de uso?
Porque se mantêm então esta metáfora em uso?
Qual será a alternativa mais viável?...
.

28 de abril de 2009

Design de coisas do futuro

# Sugestão de leitura da semana:

Vogel, C.M., Boatwright, P., & Cagan, J. (2005), The Design of Things to Come: How Ordinary People Create Extraordinary Products. Edition: 3. Wharton School Publishing.
ISBN 0131860828, 9780131860827

"Product Description
The iPod is a harbinger of a revolution in product design: innovation that targets customer emotion, self-image, and fantasy, not just product function. Read the hidden stories behind BodyMedia's SenseWear body monitor, Herman Miller's Mirra Chair, Swiffer's mops, OXO's potato peelers, Adidas' intelligent shoes, the new Ford F-150 pickup truck, and many other winning innovations. Meet the innovators, learning how they inspire and motivate their people, as they shepherd their visions through corporate bureaucracy to profitable reality. The authors deconstruct the entire process of design innovation, showing how it really works, and how today's smartest companies are innovating more effectively than ever before.
"

Para saber mais sobre o livro e sobre os autores:
http://www.designofthingstocome.com/
.

27 de abril de 2009

Rapidinhas...


# Design Survival Manual

O Atelier da Imagem está a promover o Workshop Design Survival Manual, que abordará técnicas de sucesso para finalistas em design gráfico e afins. Hoje é o ultimo dia para fazer a inscrição no workshop que decorrerá nos dias 1 e 2 de Maio de 2009.


# Offf 2009 | Oeiras, Portugal

O Offf 2009 - International Festival for the Post-Digital Creation Culture decorrerá em Oeiras, entre 7 e 9 de Maio de 2009. Os bilhetes estão quase esgotados.


# Festimage

A 4ª edição do Festimage – Festival Internacional da Imagem, organizado pela Câmara Municipal de Chaves, convida fotógrafos e criadores de Arte Digital de todo o mundo a submeterem trabalhos. As inscrições terminam a 14 de Maio de 2009.


# Inquérito Design Reconhecido

O inquérito Design Reconhecido está a ser realizado no âmbito do projecto de Investigação Design Reconhecido, inserido no Mestrado de Design de Comunicação, da Faculdade de Arquitectura / UTL. Com os resultados obtidos pretende-se conhecer a realidade da Profissão de Designer em Portugal, inserindo-os posteriormente num manual-base informativo e sintetizado, orientador para uma boa prática do design e para a implementação do real valor e credibilidade do designer no seio das empresas e da sociedade.

Solicita-se o apoio de todos os designers participando em www.designreconhecido.com


# 5 ª Edição do Concurso Nacional de Inovação BES

O Concurso Nacional de Inovação BES tem o intuito de premiar e divulgar projectos de investigação, desenvolvimento e inovação em áreas de aplicação ligadas aos recursos endógenos do País e dirigidos à melhoria de produtos, processos ou serviços. Na edição deste ano do são cinco os sectores a concurso: - Energias; - Tecnologias da Saúde; - Novos Materiais e Processos Industriais; - Biotecnologia e Agro-industrial; - Tecnologias de Informação e Serviços. O prazo para concorrer termina a 31 de Julho de 2009.


# Electrolux Design Lab 2009

A edição deste ano do Electrolux Design Lab 2009 servirá, também, para celebrar o 90º aniversário da Electrolux. Este concurso de design industrial, destinado estudantes e finalistas, procura ideias inovadoras para aparelhos domésticos dos próximos 90 anos. As candidaturas estão abertas e terminam a 31 de Maio de 2009.
.

25 de abril de 2009

Design quotes

"Be brave enough to live creatively. The creative is the place where no one else has ever been. You have to leave the city of your comfort and go into the wilderness of your intuition. You cannot get there by bus, only by hard work, risking and by not quite knowing what you are doing. What you will discover will be wonderful; yourself".
Alan Alda
.

24 de abril de 2009

Ou não dizes nada ou dás duas seguidas! Mais um post de tipografia!

Cá vai!
Segundo post em dois dias, hã?
Encontrei isto no blog de uma amiga há já algum tempo e resolvi vir aqui dizer, resumidamente que sou memo um expert em tipografia!
Eu acertei em todas! E vocês?

Arial ou Helvetica?
Será que acertam?

23 de abril de 2009

Plágio ou ignorância?

O nosso leitor Sérgio Mousinho alertou-nos para uma questão muito pertinente: o plágio de logos.
"Estava eu a passar a Ponte 25 de Abril, quando reparo num motard com um logo parecido com o logo da equipa de Hoquei no Gelo, os Filadélfia Flyers. Só depois é que vi que era uma empresa de estafetas.
Será que eles não sabem que existe um logo (mais antigo) idêntico (pelo menos com os mesmos traços e cores) no outro lado do oceano? Será que fizeram de propósito? Sim, eu sei, são poucas as pessoas em Portugal que seguem ou conhecem estes tipos de desportos, mas eu mal vi o logo, associei imediatamente a aquela equipa Norte Americana."

Eu acrescento alguns exemplos que nos deixam a pensar. E pergunto: é propositado? Se não é com intenção, como é que nós designers podemos ter a certeza de que não estamos a plagiar? E a EDP? Lembram-se? É plágio ou não? E de quem é a culpa? Do designer?

Dados antropométricos


Quem faz design de ambientes e/ou de produto é confrontado, no seu dia-a-dia, com a dificuldade em obter dados antropométricos fiáveis e actuais da população.

É certo que existem diversos manuais publicados, onde os dados antropométricos estão disponíveis. O problema é que a maioria se refere a estudos feitos em outras populações, que não a Portuguesa, e muitos deles já são bastante antigos. Como sabemos, as dimensões humanas estão sujeitas a grande variabilidade, graças a factores endógenos e exógenos, sendo a época um dos mais influentes. Daí, a necessidade de dados actualizados.

Nesse sentido, para facilitar o trabalho de pesquisa, a quem necessita de dados antropométricos, aqui fica uma lista de referências e recursos "on-line" sobre esta temática.

Caso queiram contribuir para melhorar esta pequena base de dados, enviem-nos as vossas referências, ou links, para o nosso e-mail. Assim, poderemos melhorar e actualizar esta informação.

# Estudos antropométricos da população portuguesa:

Barroso, M., Arezes, P.M., Costa, L.G. & Miguel, A.S. (2005), Anthropometric study of Portuguese workers. International Journal of Industrial Ergonomics 35, 401–410

Castro, M., (2002), Recomendações para a Concepção de Mobiliário para o Primeiro Ciclo de Escolaridade, Tese de Mestrado. Faculdade de Motricidade Humana, Universidade Técnica de Lisboa, Portugal.

Grupo de Engenharia Humana (2002), Estudo Antropométrico da População Portuguesa – 3.ª parte. Relatório final do projecto n.º 012JMS/01, Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho, Lisboa.

Padez, C. (2002). Stature and stature distribution in Portuguese male adults 1904-1998. The role of environmental factors. American Journal of Human Biology, 14, 39-49.

Silva, Ângela Matos (2008), Ergonomia e antropometria : dimensionamento de postos de trabalho em pé. Dissertação de mestrado. Departamento de Economia, Gestão e Engenharia Industrial, Universidade de Aveiro.

# Manuais de referência:

Annis, J.F. & McConville, T. (1990), Applications of anthropometric data in sizing and design, in Advances in Industrial Ergonomics and Safety II, (Ed) B.Das, Taylor & Francis, London, 309-314, 1990.

Jürgens, H.W., Aune, I.A. & Pieper, U. (1990). International data on anthropometry. ILO –Occupational Safety and Health series NO. 65.

Mital, A. (1991), Workspace clearance and access dimensions and design guidelines, in Workspace Equipment and Tool Design, (Eds) A.Mital and W.Karwowski, Elsevier, Amersterdam, 177-204, 1991.

Neufert, Ernst (2004), Arte de Projetar em Arquitetura. 17ª edição. Editora GG.

Nicholson, A. (1991), Anthropometry in workspace design, in Workspace Equipment and Tool Design, (Eds) A.Mital and W.Karwowski, Elsevier, Amersterdam, 3-28.

Norris, B. & Wilson, J.R. (1999). Childata: The Handbook of Child Measurements and Capabilities - Data for Design Safety, Department of Trade and Industry.

Panero, Julius & Zelnik, Martin (2002). Dimensionamento Humano para Espaços Interiores. Editora GG.

Peebles, L. & Norris, B. (1998). Adultdata: The handbook of adult anthropometric and strength measurements : data for design safety. London: Department of Trade and Industry, Government Consumer Safety Research.

Pheasant, S. & Haslegrave, C.M. (2006). Bodyspace: anthropometry, ergonomics, and the design of work. 3 rd edition. CRC Press

Roebuck, J.A. (1995). Anthropometric Methods: Designing to Fit the Human Body. Human Factors and Ergonomics Society, California.

Smith, S., Norris, B., & Peebles, L. (2000). Older Adultdata: The handbook of measurements and capabilities of the older adult - data for design safety, Department of Trade and Industry.

# Recursos on-line:

Anthropometric Source Book, (1978)
http://oai.dtic.mil/oai/oai?&verb=getRecord&metadataPrefix=html&identifier=ADA473151

Anthropometry and Biomechanics. Volume I, Section 3, pp. 32-79; NASA-STD-3000 275e
http://msis.jsc.nasa.gov/sections/section03.htm

Anthropometry and Mass Distribution for Human Analogues. Report number ADA304353.pdf http://stinet.dtic.mil/cgi-bin/GetTRDoc?AD=A304353&Location=U2&doc=GetTRDoc.pdf

Anthropometry - Data Sources/Databases
http://www.dtic.mil/dticasd/anthro.html

Anthrokids - Anthropometric Data of Children (1975 & 1977)
http://www.itl.nist.gov/iaui/ovrt/projects/anthrokids/

AnthroSources
http://ovrt.nist.gov/anthroindex.html

The Anthropometrics of Disability (pdf) - workshop report. Buffalo, NY in June of 2001
http://www.ap.buffalo.edu/idea/Anthro/The%20Anthropometrics%20of%20Disability.pdf

Body dimensions of the Belgian population
http://www.dinbelg.be/adultstotal.htm

Daams, B.J. (1994), Human force exertion in user-product interaction: backgrounds for design. Dissertation. (pdf)
http://repository.tudelft.nl/file/235613/200809

Nag & Desai, (2003), Hand anthropometry, women in India
http://www.icmr.nic.in/ijmr/2003/0606.pdf

National Health and Nutrition Examination Survey III. Body Measurements (Anthropometry).
Westat, Inc.
http://www.cdc.gov/nchs/data/nhanes/nhanes3/cdrom/NCHS/MANUALS/ANTHRO.PDF

Open Ergonomics, LTD. - PeopleSize 2008
http://www.openerg.com/

Size China
http://www.sizechina.com/html/

Size UK
http://www.fashion.arts.ac.uk/sizeuk.htm

Strength Data for design safety - Phase 1 URN 00/1070
http://www.berr.gov.uk/files/file21830.pdf

Strength Data for design safety - Phase 2 URN 02/744
http://www.berr.gov.uk/files/file21827.pdf

# Artigos:

Ali, I. & Nurullah, A. (2009). Estimated anthropometric measurements of Turkish adults and effects of age and geographical regions. International Journal of Industrial Ergonomics. Article in Press.

Andrew, I., & Manoy, R. (1972). Anthropometric survey of British Rail footplate staff. Applied Ergonomics, 3.3, 132 - 135

Ashizawa, K., Kato, S., Kuki, T., Kusumoto, A., & Tsutsumi, E. (1986). Anthropometrical Data of Japanese Female Students Obtained in Parallel with Moiré Topography. Journal of Human Ergology, 15, 167-169.

Ashizawa, K., Okada, A., Kouchi,M., Horino, S. & Kikuchi, Y. (1994). Anthropometrical Data of Middle-Aged Japanese Women for Industrial Design Applications. Journal of Human Ergology, 23, 73-80

Barkla, D. (1961). The Estimation of Body Measurements of British Population in Relation to Seat Design. Ergonomics, 4, 123-132.

Bolstad, G., Benum, B., Rokne, A. (2001). Anthropometry of Norwegian light industry and office workers. Applied Ergonomics, 32, 239-246.

Borkan, G.A., Hults, D.E., & Glynn, R.J. (1983). Role of Longitudinal Change and Secular Trend in Age Differences in Male Body Dimensions. Human Biology, 55(3), 629-641.

Branton, P. (1984). Backshapes of seated persons - how close can the interface be designed? Applied Ergonomics, 15.2,105 -107.

Buchholz, B., & Armstrong, T.J. (1991). An Ellipsoidal Representation of Human Hand Anthropometry. Human Factors, 33(4), 429-441.

Burandt, U., Pösselt, C., Ambrozus, S., Hosenfeld, M., & Knauff,V. (1991). Anthropometric contribution to standardising manikins for artificial-head microphones and to measuring headphones and ear protectors. Applied Ergonomics, 22.6, 373-378.

Chandler, P.J., & Bock, R.D. (1991). Age changes in adult stature: trend estimation from mixed longitudinal data. Annals of Human Biology, 18(5), 433-440.

Cheng-Ye, J., Seiji, O. & Naohiko, N. (1991). The geographic clustering of body size of Chinese children aged 7 years. Annals of Human Biology, 18(2), 137-153.

Courtney, A.J. (1984). Hand anthropometry of Hong Kong Chinese females compared to other ethnic groups. Ergonomics, 27(11), 1169-1180.

Courtney, A.J., & Ng, M.K. (1984). Hong Kong female hand dimensions and machine guarding. Ergonomics, 27(2), 187-193.

Culver, C.C., & Viano, D.C. (1990). Anthropometry of a Seated Woman during Pregnancy: Defining a Fetal Region for Crash Protection Research. Human Factors, 32(6), 625-636.

Damon, A., & Stoudt, H.W. (1963). The functional anthropometry of old men. Human Factors, 485-491.

Davies, B.T., Abada, A., Benson, K., Courtney, A., & Minto, I. (1980). A comparison of hand anthropometry of females in three ethnic groups. Ergonomics, 23(2), 179-182.

Davies, B.T., Abada, A., Benson, K., Courtney, A., & Minto, I. (1980). Female hand dimensions & guarding of machines. Ergonomics, 23(1),79-84.

Eveleth, P.B. (1972). An Anthropometric Study of Northeastern Brazilians. American Journal of Physical Anthropology, 37, pp 223-232.

Fernandez, J.E., Malzahn, D.E., Eyada, O.K., & Kim, C.H. (1989). Anthropometry of Korean female industrial workers.Ergonomics, 32(5), 491-495.

Fernandez, Jeffrey E. (1995). Ergonomics in the workplace. Facilities, 13(4), 20-27

Gaito, J., & Gifford, E.C. (1958). Components of Variance in Anthropometry. Human Biology, 30, 120-127.

Gallwey, T.J., & Fitzgibbon, M.J. (1991). Some anthropometric measures on an Irish population. Applied Ergonomics, 22.1, 9-12.

Garret, J.W. (1971). The Adult Human Hand: Some Anthropometric and Biomechanical Considerations. Human Factors, 13(2), 117-131.

Gilbert, B.G., Hahn, H.A., Gilmore,W., & Schurman, D.L. (1988). Thumbs Up: Anthropometry of the first digit. Human Factors, 30(6), 747-750.

Goswami, A., Ganguli, S., & Chatterjee, B.B. (1987). Anthropometric characteristics of disabled and normal Indian men. Ergonomics, 30(5),817-823.

Gouvali, M. K. & Boudolos, K. (2006). Match between school furniture dimensions and children's anthropometry. Applied Ergonomics, 37, 765-773.

Hagg, U., & Taranger, J. (1991). Height & height velocity in early, average and late maturers followed to the age of 25: a prospective longitudinal study of Swedish urban children from birth to adulthood. Annals of Human Biology, 18(1), 47-56.

Harrison, J., & Marshall, W.A. (1970). Normal Standards for the Relationships Between the Lengths of Limbs and of Limb Segments in Young British Women: a Photogrammetric Study. Human Biology, 42, 90-104.

Haslegrave, C.M. (1980). Anthropometric profile of the British car driver. Ergonomics, 23(5), 437 - 467 .

Haslegrave, C.M. (1986). Characterising the anthropometric extremes of the population. Ergonomics, 29(2), 281-301.

Hutchinson, T.P., & Haslegrave, C.M. (1980). Determination of patterns of human body measurements by use of partial correlations. Ergonomics, 23(5), 475-483.

Inglemark, B,E., & Lewin, T. (1968). Anthropometrical studies on Swedish women. Acta Morphologica Neerland-Scandinavia, 3 (2), 145-166.

Kayis, B., & Özok, A.F. (1991). Anthropometric survey among Turkish primary school children. Applied Ergonomics, 22.1, 55-56.

Kayis, B., & Özok, A.F. (1991). The anthropometry of Turkish army men. Applied Ergonomics, 22.1, 49-54.

Kelly, F.L., & Kroemer, K.H.E. (1990). Anthropometry of the Elderly: Status and Recommendations. Human Factors, 32(5), 571-595.

Kopczynski, J. (1972). Height and Weight of an Adult Cracow Population. Epidemiological Review, 26, 251-262.

Kroemer, K.H.E. (1989). Engineering Anthropometry. Ergonomics, 32(7), 767-784.

Lee, Sang-Do (1978). A study of the differences and characteristics between the nations, in the measured values of the human body and the working area. International Journal of Production Research, 16(4), 335-347.

Lewin, T. (1969). Anthropometric Studies on Swedish Industrial Workers when Standing and Sitting. Ergonomics, 12(6), 883-902

Li, C-C., Hwang, S-L., & Wang, M-Y. (1990). Static Anthropometry of Civilian Chinese in Taiwan using Computer-Analysed Photography. Human Factors, 32(3), 359-370.

Lin, Y-C., Wang, M-J.J. & Wang. E.M. (2004). The comparisons of anthropometric characteristics among four peoples in East Asia. Applied Ergonomics 35, 173–178.

McClelland, I., & Ward, J. (1976). Ergonomics in Relation to Sanitary Ware Design. Ergonomics, 19(4), 465-478.

Mokdad, M., (2002). Antrhopometric study of Algerian farmers. International Journal of Industrial Ergonomics, 29, 331-341.

Molenbroek, J.F.M. (1987). Anthropometry of elderly people in the Netherlands; research and applications. Applied Ergonomics,18.3, 187-199.

Moustafa, A.W., Davies, B.T., Darwich, M.S., Ibraheem, M.A. (1987). Anthropometric study of Egyptian women. Ergonomics, 30(7), 1089-1098.

Noppa, H., Andersson, M., Bengtsson, C., Bruce, Å., Isaksson, B. (1980). Longitudinal studies of anthropometric data and body composition. The population study of women in Göteborg, Sweden. The American Journal of Clinical Nutrition, 33, 155-162.

Nowak, E. (1996). The role of anthropometry in design of work and life environments of the disabled population, International Journal of Industrial Ergonomics, 17, 113-121

Ohyama, S., Hisanaga, A., Inamasu, Y., Yamamoto, A., Hirata, M. & Ishinishi, N. (1987). Some Secular Changes in Body Height and Proportion of Japanese Medical Students. American Journal of Physical Anthropology, 73, 179-183.

Parsons, K.C. (1995), Ergonomics and international standards- Introduction, brief review of standards for anthropometry and control room design, and useful information. Applied Ergonomics, 26(4), 239-247.

Pheasant, S.T. (1982). A technique for estimating anthropometric data from the parameters of the distribution of stature. Ergonomics, 25(11), 981 - 992.

Pheasant, S.T. (1982). Anthropometric estimates for British civilian adults. Ergonomics. 25(11), 993-1001.

Picón-Reátegui,E., Buskirk,E.R., Doi,K., Kuroshima,A., Hiroshige,T. (1979). Anthropometric Characteristics and Body Composition of Ainu and other Japanese: Comparison with other Racial Groups.American Journal of Physical Anthropology, 50, 393-400.

Roberts, D.F. (1960). Functional Anthropometry of Elderly Women. Ergonomics, 3, 321-328.
Rona, R.J., & Altman, D.G. (1977). National study of Health and Growth: Standards of attained height, weight and triceps skinfold in English children 5 to 11 years old. Annals of Human Biology, 4(6), 501-523.

Stoudt, H.W. (1981). The Anthropometry of the Elderly. Human Factors 1981, 23(1), 29-37.

Tanner, J.M., Hayashi, T., Preece, M.A. & Cameron, N. (1982). Increase in length of leg relative to trunk in Japanese children and adults from 1957 to 1977: comparison with British and with Japanese Americans. Annals of Human Biology, 9 (5), 411-423.

Victor , V. M., Nath, S. & Verma, A. (2002). Anthropometric survey of Indian farm workers to approach ergonomics in agricultural machinery design. Applied Ergonomics, 33 (6), 579-58

Ward, J.S. & Kirk, N.S. (1967). Anthropometry of Elderly Women. Ergonomics, 10 (1), 17-24.

Yamana,N., Okabe,K., Nakano,C., Zenitani,Y. & Saita,T. (1984). The body form of pregnant women in monthly transitions. Japanese Journal of Ergonomics, 2, pp 171 - 178.
.

22 de abril de 2009

Milton Glaser: How great design makes ideas new

Dos arquivos do TED Talks saiu mais um tesouro, a palestra do célebre designer gráfico Milton Glaser, filmada em 1998 mas publicada em Fevereiro de 2009. Em, aproximadamente, 15 minutos de conversa descontraída, Glaser, mostra-nos como funciona a sua mente criativa, que estratégias usa para resolver os seus desafios de design. Exemplos destes fazem-nos falta, como inspiração e como licção.

Não é todos os dias que temos acesso ao processo criativo dos grandes mestres...
.

21 de abril de 2009

Good | Uma introdução à ética no design gráfico

# Sugestão de leitura da semana:

Roberts, Lucienne (2007). Good: An Introduction to Ethics in Graphic Design. Ava Publishing. ISBN-13: 9782940373147

Sinópse:

"In a world where awareness of ethics is increasing--but actual ethics themselves may be decreasing--where does graphic design fit in? What is the responsibility of the graphic designer? Is it right to use good design to further evil in the world, merely for the sake of being a good designer? Without dictating a moral stance, Good: Ethics and Graphic Design explores the idea of "being good" and uses what-if scenarios to explore the ramifications of different business decisions. Author Lucienne Roberts draws readers into a debate about professional "goodness" versus personal "goodness" and the relationship between ethics and design practice. "

Principais conteúdos:

Making good
Issues raised
Approaching good
Philosophy | Anthony Grayling
The law | Jacqueline Roach
Theology | Richard Holloway
Politics | Delyth Morgan
Glossary of ethical thought | Naomi Goulder | Frederick Willemarck
Human Rights Act, 1998, The Convention Rights
Debating good
Should I be nice to everyone?
Who should I work for?
Is it okay to be happy?
Who has the right to judge?
What is it worth?
Issues raised
Being good
Furniture and product design/exhibition design/installations | Michael Marriott
Are you a good designer? | Paula Scher | Oded Ezer | Divya Chadha
Architecture | Billie Tsien
Are you a good designer? | Will Holder
Editorial design | Simon Esterson
Are you a good designer? $dthomas.mattews | James Victore
Photojournalism | Chris de Bode
Are you a good designer? |Deborah Szebeko
Graphic design/public art | Sheila Levrant de Bretteville
Are you a good designer? | Ali Rashidi Luba Lukova | Susanne Dechant
Examples: Doing good; Sustainability Issue Mapping;
Case studies: Ken Garland; Violetta Boxill; Pat Kahn; Dan Eatock

.

20 de abril de 2009

Rapidinhas...


# XIX ARTEC Simpósio de Design e Artes Gráficas | IPT_ESTT

O simpósio ARTEC, que vai decorrer nos dias 22 e 23 de Abril de 2009, está subordinado ao tema SUPORTES. Este simpósio visa proporcionar a todos os participantes uma visão alargada sobre novas soluções de impressão em suportes ‘high tec’ e conta com um vasto painel de oradores, de empresas, escolas e instituições.


# Dia D Conferências sobre Design | EST – IPCA Grupo de Design

A Escola Superior de Tecnologia está a organizar o Dia D, um dia de conferências dedicadas ao design, subordinado ao tema ‘Da Teoria à Prática’, que terá lugar no auditório da Câmara Municipal de Barcelos, no próximo dia 27 de Abril de 2009.
Serão oradores Henrique Cayatte, presidente do Centro Português de Design; Mário Moura, docente e investigador das Belas-Artes da Faculdade da Universidade do Porto; Carlos Aguiar, docente e investigador em Design Industrial na Universidade de Aveiro; Carlos Casimiro, docente e investigador na Faculdade de Engenharia do Porto; Rui Leal, docente e investigador da Faculdade de Psicologia Ciências e Educação do Porto.
http://www.ipca.pt/


# Toni Puig em Lisboa

A Academia de Produtores Culturais anuncia a vinda do irreverente e insubmisso Comunicador e Gestor Cultural Toni Puig, de Barcelona, para ministrar dois seminários em Lisboa, no Padrão do Descobrimentos, nos próximos dias 5 e 7 de Maio de 2009.
Mais informações e inscrições: http://tonipuig-em-lisboa.blogspot.com/


# Creative Design Awards | CERANOR_ Casa Cláudia

O concurso Creative Design Awards CERANOR | Casa Cláudia, organizado pela Exponor em parceria com a Casa Cláudia, decorrerá no âmbito da 19ª edição da CERANOR e tem como tema a eficiência económica de um objecto de cozinha, revitalizando, assim, o uso da chaleira como parte integrante de uma panela, fazendo o aproveitamento térmico do vapor para aquecer a água. Poderão participar todos os recém-licenciados, finalistas de licenciaturas ou alunos de pós-graduações ou mestrados na área de arte, design e arquitectura (data de conclusão da licenciatura, pós-graduação ou mestrado em 2004, 2005, 2006, 2007 ou 2008). A data limite para envio de candidaturas é 24 de Abril de 2009.


# IV Concurso de Moda Coimbra Fashion ‘Alma Portuguesa’

A Associação Comercial e Industrial de Coimbra (ACIC) promove, em parceria com o Centro Português de Design, um concurso de moda para jovens criadores. O tema deste ano é‘Alma Portuguesa’. O concurso destina-se a jovens frequentadores, finalistas e recém-licenciados (há menos de 2 anos) do Curso de Design de Moda. Os trabalhos podem ser entregues, individualmente ou em grupo, até 30 de Abril. Para mais informações contacte: gci@acic.pt | telf: 239 852 480
http://www.acic.pt/


# Rodi’09 Sinks & Ideas

O concurso Rodi’09 Sinks & Ideas'09 é organizado pela Universidade de Aveiro e a Rodi, uma empresa da região e destina-se ao design de lava-louças e acessórios. Podem participar os estudantes (inscritos em cursos de design de nível superior à data da entrega das propostas) e recém-licenciados em design (cursos concluídos nos anos lectivos 2006/2007 e 2007/2008). As proposta deverão ser entregues até ao dia 7 de Maio de 2009.


# Revista Cubo relançada

A revista Cubo vai ser relançada, em banca, a 21 de Maio de 2009. O título, dedicado ao design, à construção, à sustentabilidade e ecologia, começou a ser distribuído com o semanário Sol no final de Maio de 2007. Com o conceito editorial de Cristina Cordeiro e Henrique Cayatte, a revista procurará atingir um target mais abrangente. A revista vai ser acompanhada de um site.


# Revista Nada

A Nada, revista de pensamento, arte e ciência, chegou ao mundo virtual
www.nada.com.pt


# Revista Grafema

Hoje, dia 20 de Abril de 2009, no decorrer do POST-IN_Congresso Investigadores_Design, será apresentada a edição n.º 1 da revista científica Grafema, sobre o Estudo do Livro, Imprensa e Design de Comunicação.
http://navarromarques.wordpress.com/
.

18 de abril de 2009

Design Quotes

"If you think it's expensive to hire a professional to do the job, wait until you hire an amateur."
Read Adair
.

17 de abril de 2009

Website Design Awards


O Website Design Awards tem por missão premiar e divulgar os talentos criativos e técnicos da indústria mundial "on-line". A sua meta é divulgar um "website" por dia. Desde Maio de 2005 já publicaram 12.000 projectos assumindo-se, por isso, como uma excelente fonte de inspiração.
link: http://websitedesignawards.com/
.

16 de abril de 2009

3 ways that good design makes you happy

Don Norman | The three ways that good design makes you happy



Nesta palestra, gravada em 2003 mas disponibilizada em Março de 2009 no Ted Talks, Don Norman fala-nos sobre as qualidades do "bom design" e sobre o efeito que este exerce sobre os humanos.

Segundo Norman, parte essencial daquilo que podemos designar por qualidade das interacções, que se estabelecem entre Humanos e mundo material, são o divertimento, o prazer e as emoções. Para ter sucesso, e nos dar felicidade, a interacção terá que ser bem sucedida num dos 3 níveis:

# nível Visceral
# nível Comportamental
# nível Reflexivo
.

15 de abril de 2009

2º Seminário "Ergonomics in Design" | 2009



Depois do sucesso da edição do ano passado, a segunda edição do Seminário Internacional "Ergonomics in Design", que conta com o apoio da FCT, está agendada para o dia 18 de Maio de 2009, pelas 09h00, no Salão Nobre da Faculdade de Motricidade Humana, em Lisboa, Portugal.

O objectivo deste seminário é promover a abordagem do Design Centrado no Utilizador, reforçando os laços entre Ergonomia e Design.

A edição deste ano conta com a participação dos seguintes oradores:

# Professor Doutor Abel Correia, FMH/UTL, Cruz-Quebrada, Portugal
# Professor Doutor Daniel Thalmann, EPFL VRLAB, Lausana, Suiça
# Arquitecta Elisangela Pessoa, FMH/UTL, Cruz-Quebrada, Portugal
# Mestre Designer Emília Duarte, IADE, Lisboa, Portugal
# Professor Doutor Francisco Rebelo, FMH/UTL, Cruz-Quebrada, Portugal
# Professor Doutor Gastão Marques, ICT-VR (International Center for Technology in Virtual Reality), Portalegre, Portugal
# Professor Doutor José Carvalhais, FMH/UTL, Cruz-Quebrada, Portugal
# Professor Doutor Michael S. Wogalter, Universidade Estadual da Carolina do Norte, EUA.

A entrada no seminário é livre mas, sujeita a inscrição prévia e, neste momento, já estão abertas as inscrições. Para garantirem o vosso lugar no seminário deverão enviar um e-mail indicando os seguintes dados:

> nome
> profissão
> instituição
> e-mail


Contacto:
Genevieve Santorum
e-mail: gksantorum(at)fmh.utl.pt

Consultar programa (pdf).

Para mais informações deverão visitar o blog do seminário: http://ergonomics-in-design.blogspot.com/
.

14 de abril de 2009

Como pensam os designers

# Sugestão de leitura da semana:

Lawson, Bryan (2005). How designers Think: The Design Process Demystified. Architectural Press. ISBN-13: 978-0-7506-6077-8

alguns excertos:

(...)Design almost invariably involves compromise…. Rarely can the designer simply optimise one requirement without suffering losses elsewhere…. There are no established methods for deciding just how good or bad solutions are, and still the best test of most design is to wait and see how well it works in practice. Design solutions can never be perfect and are often more easily criticised than created, and designers must accept that they will almost invariably appear wrong in some ways to some people.(...)

(...)Once an idea has been formed and a design completed the world has in some way changed. Each design, whether built or made, or even if just left on the drawing-board, represents progress in some way…. Thus the completion of a design solution does not just serve the client, but enables the designer to develop his or her own ideas in a public and examinable way.(...)

(...)It is clear from our analysis of the nature of design problems that the designer must inevitably expend considerable energy in identifying the problems. It is central to modern thinking about design that problems and solutions are seen as emerging together, rather than one following logically upon the other…. [B]oth problem and solution become clearer as the process goes on.(...)

(...)[D]esign is essentially prescriptive whereas science is predominantly descriptive. Designers do not aim to deal with questions of what is, how and why, but, rather, with what might be, could be and should be. While scientists may help us to understand the present and predict the future, designers may be seen to prescribe and to create the future, and thus their process deserves not just ethical but also moral scrutiny.(...)

(...)Unlike the artist, the designer is not free to concentrate exclusively on those issues which seem most interesting. Clearly one of the central skills in design is the ability rapidly to become fascinated by problems previously unheard of…. Not only must designers face up to all the problems which emerge they must also do so in a limited time. Design is often a matter of compromise decisions made on the basis of inadequate information…. Designers, unlike scientists, do not seem to have the right to be wrong. While we accept that a disproved theory may have helped science to advance, we rarely acknowledge the similar contribution made by mistaken designs.(...)

Descrição:

"How Designers Think is based on Bryan Lawson's many observations of designers at work, interviews with designers and their clients and collaborators. This extended work is the culmination of forty years' research and shows the belief that we all can, and do, design, and that we can learn to design better. The creative mind continues to have the power to surprise and this book aims to nurture and extend this creativity. Neither the earlier editions, nor this book, are intended as authoritative prescriptions of how designers should think but provide helpful advice on how to develop an understanding of design. In this fourth edition, Bryan Lawson continues to try and understand how designers think, to explore how they might be better educated and to develop techniques to assist them in their task. Some chapters have been revised and three completely new chapters added. The book is now intended to be read in conjunction with What Designers Know which is a companion volume. Some of the ideas previously discussed in the third edition of How Designers Think are now explored more thoroughly in What Designers Know. For the first time this fourth edition works towards a model of designing and the skills that collectively constitute the design process."

Indice:

Part 1 - What is Design; Introduction; The changing role of the designer; Route maps of the design process;
Part 2 - Problems and Solutions: The components of design problems; Measurement, criteria and judgement in design; A model of design problems; Problems, solutions and the design process;
Part 3 - Design Thinking; Types and styles of thinking; Creative thinking; Guiding principles; Design strategies; Design tactics; Design traps; Design as conversation and perception; Towards a model of designing.
.

13 de abril de 2009

Rapidinhas...


# Concurso para criação do símbolo evocativo dos 30 anos do Instituto Piaget

O concurso tem como objectivo principal a criação de um elemento simbólico com protótipo e/ou elaboração de uma serigrafia alusivos às comemorações dos 30 anos do Instituto Piaget. O trabalho deverá respeitar a sua história, missão institucional e reforçar a relação Portugal/PALOP.
As candidaturas encerram a 30 de Abril de 2009.


# Creative Climate Change Challenges 09

O Creative Climate Change Challenges 09 desafia estudantes, professores, gestores, executivos, empresários e ambientalistas a explorar, descobrir e aplicar a sua criatividade, o design, a comunicação e liderança para enfrentar os "Glocal", desafios da água, alterações climáticas, a necessidade urgente de criar valor na transição para uma economia com baixas emissões de carbono e na criação de comunidades mais resilientes. Os EcoVenturer’s passarão 2 semanas entre Siwa e Sinai, no Egipto, a explorar "Ancient Ways for Modern Days". As soluções encontradas tomarão a forma de um livro e documentário, intitulado "RESOLUTIONS for Response Able Design" © a apresentar na "UN Climate Change Conference", em Copenhaga 2009.


# Creativity and Innovation + Sustainable Development = Good Design

O CESE, em colaboração com Designed in Brussels, está a organizar o concurso EESC DesignZeroNine, em todos os 27 Estados-Membros, cujo objectivo é criar um produto inovador, incluindo embalagem, destinado a um público moderno, cosmopolita e internacional, com mais de 30 anos de idade. Esse produto será adoptado oficialmente pelo CESE como presente promocional, que o presidente, vice-presidentes e membros oferecerão nas visitas oficiais e outras ocasiões especiais. O produto vencedor será fabricado numa edição limitada em 2010, como parte da estratégia de comunicação do CESE.
A submissão de propostas está aberta até 19 de Agosto de 2009.
Consultar regulamento em Pt (pdf).


# Trnava Poster Triennial 2009

A galeria Ján Koniarek, em Trnava, está a organizar um concurso internacional de design de posters - "Trnava Poster Triennial 2009". São eligiveis posters produzidos entre Março 2006 até 15 Maio 2009. Existem 3 categorias em concurso: posters de autores profissionais; posters de estudantes de design e belas artes e design de "websites".
A submissão de propostas decorre até 15 de Maio de 2009.


# Ten Images for Ithaca 2009: 8th Poster Competition

O 8º concurso internacional de posters - "Ten Images for Ithaca 2009" - está a aceitar propostas.
A submissão de trabalhos encerra a 20 de Maio de 2009.
.

11 de abril de 2009

Design Quotes

"Good design keeps the user happy, the manufacturer in the black and the aesthete unoffended."
Raymond Loewy
.

10 de abril de 2009

Logo Design History


No site "Logoorange" podemos encontrar a história, ilustrada, de alguns logos famosos.
Um recurso interessante e útil.
.

9 de abril de 2009

Agenda


# RTT 2009

A 10ª Annual Visualization Conference, decorrerá entre 7 e 8 de Maio de 2009, em Munique, Alemanha. O tema é "Sharing visions" e o âmbito são os desenvolvimentos, mais recentes, na visualização a 3D em tempo real.


# IEA 2009

O 17º World Congress on Ergonomics, decorrerá entre 9 e 14 de Agosto de 2009, em Pequim, China. O tema é "Changes, Challenges and Opportunities".


# AIC 2009

O 11th Congress of the International Colour Association - AIC 2009, decorrerá entre 27 de Setembro e 2 de Outubro de 2009, em Sidney, Austrália. O tema é "Rigor and Relevance in Design". Os temas do congresso são: ‘Good’ colours, ‘bad’ colours, humanity and the environment. Appearance: phenomena and measurement.


# 40 IADE 40

A 5ª Conferência Internacional UNIDCOM/IADE decorrerá entre 1 e 3 de Outubro de 2009, em Lisboa, Portugal. O evento serve para celebrar os 40 anos do IADE. Os temas a abordar incluirão diversas temáticas do design.


# Conference on Designing Pleasurable Products and Interfaces

A 4ª Conferência Internacional "Designing Pleasurable Products and Interfaces", decorrerá entre 13 e 16 de Outubro de 2009, em Compiègne, França. O tema é "FuTURN Innovation, the ground for co-emergence of experiences and technologies".


# IASDR 2009

O 3º Congresso Internacional da "International Association of Societies of Design Research - IASDR 2009", decorrerá entre 19 e 22 de Outubro de 2009, em Coex, Coreia do Sul. O tema é "Rigor and Relevance in Design".


# MX 2009

O MX Design Conference 2009, decorrerá entre 28 e 30 de Outubro de 2009, na Cidade do México, México. O tema é impacto social do design.


# View 2009

A 10ª International Computer Graphics Conference, decorrerá entre 4 e 7 de Novembro de 2009, em Turim, Itália.


# Icsid 2009

O 26º Icsid World Design Congress, decorrerá entre 23 e 27 de Novembro de 2009, em Singapura. O tema é Design Difference: Designing our World 2050. O congresso decorrerá em simultâneo com a bienal Singapore Design Festival.
.

8 de abril de 2009

# Sabiam que # rabiscos aumentam a concentração?

Sabiam que desenhar, ou rabiscar, enquanto se participa numa outra actividade, por exemplo uma aula ou uma reunião, não é sinal de distracção?



Os cientistas descobriram que uma actividade ligeira, como o esboçar um desenho, que aparentemente parece ser de distracção ou de alheamento, não é uma perda de tempo, mas antes, uma estratégia para ajudar a manter a atenção. Na verdade, parece ser a forma, que algumas pessoas desenvolveram, para contrariar o efeito de uma actividade monótona, ou, para se focarem de forma intensa em algo.

Por experiência própria (encho todas as folhas de desenhos) eu acho que essa conclusão é verdadeira mas, falta dizer que também é bastante agradável...

Referência:
Andrade, Jackie (2009). What does doodling do?"
Applied Cognitive Psychology, Vol. 23, No. 3.
.

7 de abril de 2009

Pictogramas, ícones & sinais

# Sugestão de leitura da semana:

Abdullah, R. & Hübner, R.(2006). Pictograms, Icons & Signs: A Guide to Information Graphics. Thames & Hudson. ISBN: 0500286353

"Product Description
An indispensable sourcebook for designers everywhere, a keystone for non-verbal communication. Outlines the history of pictograms and icons and how they have been applied in commercial and creative fields over the past century. Included top tips and background information from successful pictogram designers, as well as detailed discussion of icons, the âsilent servantsâ of online communities.

About the Author

Rayan Abdullah is Professor of Design and Typography at the Academy of Visual Arts in Leipzig. Between 1993 and 2000 he was Senior Designer at MetaDesign, Germany's largest design and branding company, where he was responsible for major projects for the Berlin Transport Authority, Volkswagen, Bugatti and the German Government (for whom he re-vamped the German Eagle, symbol of the Federal Government). Roger Hubner is professor of semiotics and design at the Mediadesign University in Berlin. He is the co-author, with Rayan Abdullah, of Corporate Design."

.

6 de abril de 2009

Rapidinhas...


# Integration of Design and Science - Light, Materials, Colour and Environment

Estão abertas as submissões de trabalhos ao Simpósio Integration of Design and Science - Light, Materials, Colour and Environment, que decorrerá no dia 24 de Junho de 2009, no Royal Institute of British Architects (RIBA), em Londres. O evento é promovido pelo Design Research Centre (DRC), DesignPlus da Kingston University e o Colour Group Great Britain. Os temas estão ligados à iluminação e cor relacionadas com o design, tecnologia e ambiente.
Os artigos podem ser submetidos até 14 de Abril de 2009.


# CIPED 2009

Estão abertas as submissões de trabalhos ao CIPED - 5º Congresso Internacional de Pesquisa em Design, que acontecerá nos dias 10 e 12 de Outubro, em Bauru, Brasil. Os artigos podem ser submetidos até 17 de Abril de 2009.

Os temas abrangem diversas áreas do design como: comunicação visual, design de interiores, design multimeios, design de produto, design gráfico, design inclusivo, design informacional, design textil e de vestuário, design urbano, eco design, ensino e pesquisa, ergonomia e HCI, ergonomia informacional, ergonomia de produto, ergonomia de sistemas, fundamentos teóricos, gestão em design, história do design, materiais e processos em design, metodologia de projecto, moda e textil: design e tecnologia, semiótica em design.


# iDEMi 09

Estão abertas as submissões de trabalhos à iDEMi - International Conference on Integration of Design, Engineering and Management for Innovation, que acontecerá nos dias 14 e 15 de Setembro de 2009, na FEUP do Porto. Os resumos (abstracts) podem ser submetidos até 30 de Abril de 2009.

São aceites trabalhos das seguintes categorias:

A. Research: Design process and organisation; Product design; Organisational design; Program and portfolio design; Design creativity and Innovation; Customer Centered design; Human factors in design; Design Methods Tools and Technology; Technology integration for process and people enhancing; Tools for standardisation and organisational learning; Networks and open innovation; Design and management of networks; Integration of supplier in the NPD system.

B. Company Case Studies: Successful case studies of new product/services launch, process innovations, business models; Case studies on the introduction of best practices for product/services process Innovation; Entrepreneurship and academic spin-offs.

C. Projects development within NPD courses at Postgraduate level (MBA and Msc): Successful projects developed by students attending NPD courses within MBA/MSc Programs.


# DGTF 2009

Estão abertas as submissões de trabalhos á Annual Conference of the German Society of Design Theory and Research - DGTF, que acontecerá na University of the Arts (UdK), nos dias 23 e 24 de Novembro, em Berlim, Alemanha. O tema é Design. Knowledge. Production - Design Research in Context of Application. Os resumos (abstracts) podem ser submetidos até 01 de Maio de 2009.


# ISSD

Estão abertas as submissões de trabalhos ao ISSD - II International Symposium on Sustainable Design, organizado conjuntamente com o SBDS - Brazilian Symposium on Sustainable Design, que acontecerá nos dias 5 e 6 de Novembro, em São Paulo, Brasil. Os resumos (abstracts) podem ser submetidos até 02 de Maio de 2009.
.