31 de agosto de 2006

60 anos de biquinis no cinema - Raquel Welch



Já tinha usado um modelo pré-histórico no famoso Quando o Mundo Nasceu (Don Chaffrey, 1966) e ficou provado que os biquinis lhe assentavam muito bem.
O escândalo rebenta quando Raquel Welch interpretou um papel de um transexual no filme Myra Breckinridge (Michael Sarne, 1970), adpatação de um romance do polémico Gore Vidal, onde envergava um fenomenal biquini que representava a bandeira dos EUA.
Apesar disso esta actriz continuou a ser um dos maiores sex simbols de Hollywood de finais dos anos 60 e 70 graças às suas interpretações em Viagem Fantástica (Richard Fleischer, 1970), A Maior Bolada do Mundo (Ken Annakin, 1968), Lady in Coment (Gordon Douglas, 1968), Os Três Mosqueteiros (Richard Lester, 1973) e L'Animal (Claude Zizi, 1977).
Aqui fica mais um belo espécimen... o biquini, claro!

5 comentários:

Atom Ant disse...

Podiamos discutir a conjugação difícil das riscas com as estrelas...etc...etc...

Fabs Costa disse...

E a mulher maravilha?
Quem se lembra?
Hum?...

Lembro-me uma vez, quando era miuda, a minha mãe vestiu-me de mulher maravilha no carnaval...

O meu irmão deve ter-se vestido de Super Home, está-se mesmo a ver, topas?

De Lá para cá, nunca mais fui a mesma, claro e..., nunca mais suportei o carnaval, nem o Algarve..., praia, areia, mar..., que chatice...

Traumas..., é o que me faz lembrar este bikini.

Atom Ant disse...

Eheheheheh... que traumas???!!!!

Fabs Costa disse...

Hehehe he he He!...

Fabs Costa disse...

Mas olha!... não gozes porque podes ter uma filha assim e depois..., é uma tristeza...

E olha que uma tristeza nunca vem só..., hehehe he he he...