10 de novembro de 2006

Mobiliário urbano em Curitiba



Dizem que Curitiba é a cidade modelo do Brasil. Eu não posso confirmar, ou desmentir, pois é a única grande cidade do Brasil que conheço. Posso afirmar que é uma cidade idêntica a muitas da Europa, onde a qualidade de vida é boa. O que mais me impressionou, na cidade, foram os seus parques e zonas verdes (que vão rareando aqui por Lisboa) tão grandes e bem cuidados. Outro aspecto curioso, que é quase a imagem de marca de Curitiba, são as paragens dos autocarros (Ónibus como dizem por lá) que se assemelham a grandes tubos envidraçados. Uma reflexão mais atenta sobre este equipamento urbano permite descobrir algumas vantagens e desvantagens associadas ao seu uso:

Principais Vantagens

  • Organização da fila dentro do tubo (toda a gente sabe onde começa e acaba e não há muito espaço para os “fura-filas”);
  • Protecção contra os agentes climatéricos, especialmente da chuva que é abundante por lá. Quanto ao sol, já ponho algumas reticências;
  • Ponto de venda dos bilhetes exterior ao veículo. A existência de um funcionário no tubo permite a compra da passagem sem necessidade de demorar o veículo (claro que isto por cá seria impossível devido aos elevados salários mas, por lá até é uma forma de combater o desemprego).
  • Acesso facilitado a pessoas em cadeiras de rodas (cadeirantes como dizem por lá). Todas as plataformas estão equipadas com um elevador hidráulico (embutido no pavimento do passeio) que eleva a cadeira até à plataforma. Eu acho que a rampa seria o ideal, para não existir uma forma de descriminação positiva, mas isso roubaria espaço no passeio. Apenas vi um tubo com rampa.
  • Iluminação nocturna. Uma vantagem para combater a criminalidade.
  • Facilidade de identificação no ambiente urbano.

Principais Desvantagens:

  • Necessidade de muitos funcionários para funcionamento do sistema;
  • Falta de condições de trabalho para os funcionários dos tubos (não imagino como fazem quando precisam de ir à casa de banho);
  • Custos de manutenção (da plataforma hidráulica e de limpeza);
  • Área de ocupação da via pública (impossível em cidades de ruas estreitas e antigas);
  • Qualidade das variáveis ambientais dentro do tubo (humidade, calor, radiações solares, odores, etc.);
  • Preço do equipamento (especialmente o vidro curvo);
  • Recanto convidativo para os sem-abrigo (especialmente se fosse por cá);
  • Existe algum perigo de quedas dos utentes, especialmente quando os condutores não imobilizam o veículo no sítio certo e as plataformas (entre o veículo e o tubo) não ficam alinhadas (ouvi algumas reclamações).

Mas, apesar de tudo, a minha apreciação global quanto a este equipamento é positiva. Eu gostei!

4 comentários:

Karina disse...

Moro em Curitiba e discordo de vc na questão de ausência de filas e fura filas: as filas existem e são muitas, quando as pessoas não cabem dentro do tubo (mesmo exprimidas) a fila vai pra fora, o que anula a proteção do tubo, pois como muitos tem que ficar fora dele acabam sofrendo as ações climáticas. Quando todos estão dentro do tubo, não há fila, mas tbm não há organização. É um empurra empurra danado. Nos horários de pico, além dos tubos estarem lotados os ônibus tbm estão. Fica quase que impossível transitar.

Atom Ant disse...

Obrigada pela explicação. Como imagina, não sou muito experiente no uso deste equipamento. A minha avaliação foi feita apenas com base na observação e no uso esporádico, fora das horas de pico.
Quanto aos outros aspectos, que eu mencionei, qual a sua opinião?

Gostei de saber que este blog é lido em Curitiba ;)
Obrigada

Ramón disse...

Bom dia, também sou de curitiba. As estações tubos como são conhecidas realmente tem alguns pontos positivos, e outros tantos negativos. Curitiba de fato é modelo do Brasil, mais no que diz respeito ao transporte publico, nas outras questões sofre dos mesmos problemas de outras grandes metropoles do Brasil. Creio que a principal vantagem da estação tubo é a troca de linha do Onibus sem pagar outra passagem. Uma vez dentro do tubo, você tem algumas opções para pegar diferentes onibus(autocarros como dizem). Isso traz uma enorme vantagem, pois você pode pegar 3, 4 ônibus pagando somente uma unica passagem (atualmente no valor de 2,20R$).Segunda grande vantagem que eu vejo (como usuário) é a rapidez de embarque e desembarque já que a passagem foi paga na entrada do tubo, e por ser o mesmo nível do onibus, não há degraus para subir ao onibus. Em relação a lotação a prefeitura começou a realizar obras de ampliação dos tubos em 2009. A infra estrutura nao conseguiu acompanhar o grande crescimento de Curitiba. Outro ponto positivo é o ícone que estas estações representam para Curitiba. O slogan que diz: " Em curitiba o Ponto de ônibus vira Ponto turístico" diz tudo. Espero que ainda ajude mesmo após 4 anos de publicação desta matéria. Mais é interessante ver o ponto de vista de fora do pais.
Abraço de Curitiba - Brasil.

Jair Closko disse...

Muito bom seu blog, e gostei do post de nossa cidade.....
www.eutrabalhoseguro.com