23 de novembro de 2007

A tipografia no design de avisos #1

A tipografia é uma variável fundamental no design de um aviso, que tenha uma componente textual. Entenda-se, por aviso, toda a informação de segurança que pode ser transmitida ao Homem, para que este possa ter uma interacção segura com o produto, ambiente ou sistema. Neste grupo estão incluídos rótulos de embalagens, etiquetas em máquinas, manuais de instruções, sinais de segurança de aplicação em instalações, entre outros.



Como é óbvio, qualquer recomendação sobre tipografia terá que considerar as especificidades de cada tipologia de aviso, uma vez que, cada um deles terá características intrínsecas próprias, utilizadores diferenciados e estará sujeito a diferentes interacções. No entanto, parece-me importante destacar o facto de, no caso dos avisos, a tipografia ser encarada fundamentalmente pelo prisma da eficácia na transmissão da mensagem e não sobre as questões mais subjectivas, relacionadas com o gosto ou as tendências. O mesmo é dizer que, o que está em causa não é o design do aviso em si, mas sim, como aumentar a segurança das pessoas. Muito embora, uma coisa esteja associada à outra...

No que diz respeito aos avisos, é preciso ponderar esta questão: Chamar a atenção, agradar, inovar, ser legível e/ou de fácil leitura e compreensão não são, exactamente, as mesmas funções. O que será mais importante para que um aviso seja eficaz?

Quando se concebe um aviso, com componente textual, as decisões tipográficas podem ser classificadas em 2 grandes categorias: escolha da fonte e o layout. Na escolha da fonte, as decisões serão sobre o tipo, o tamanho e o estilo. Quanto ao layout, estas escolhas dirão respeito à estrutura visual/organização que será dada ao conteúdo textual.

Teremos, também, que equacionar questões como o contraste e/ou as cores entre letras e fundos, que afectam, de forma crítica, o desempenho. Quanto a este assunto, devemos pensar, sobretudo, na legibilidade e no reconhecimento automático das formas das letras/palavras, que é um problema de percepção. Mas também, convêm não esquecer as questões da facilidade de compreensão dos textos. Em Inglês usam-se 2 termos para estes dois aspectos: legibility e readability, em Português, podemos falar em formalização (informação gráfica) e redacção (informação linguística), muito embora, em Português do Brasil, seja usada a palavra leiturabilidade como equivalente a readability… Outro aspecto curioso prende-se com a percepção de perigo e de nível de risco, inerentes ao produto/sistema, que são transmitidos pelo aviso. Sendo que, a tipografia é parte fundamental nesta avaliação.



Esta nova série de “posts”, que inicio hoje, servirá então para debater algumas das questões, aqui mencionadas, sobre a tipografia aplicada ao design de avisos de segurança…

> Considerações gerais sobre fontes tipográficas / tipos
> Legibilidade
> Cor
> Perigo percepcionado
> Redacção
> Layout

5 comentários:

Pedro Martins disse...

Sou um seguidor assíduo mas discreto do blog.
A imagem que quero partilhar não é de aviso mas de informação e é sem dúvida uma das mais caricatas que já vi...

http://dl.ziza.ru/other/112007/23/pics/57_pics_32602.jpg

Obrigado

CORTO MALTESE disse...

Posso ajudar?
É que também sei umas coisas sobre tipografia...
:)

Atom Ant disse...

Caro Corto, não só podes como deves ajudar!... Vou mandar-te os textos para fazeres a revisão final...

Atom Ant disse...

Caro Pedro Martins, obrigada pela dica... achei o sinal bem curioso ;-)

CORTO MALTESE disse...

Muito gostas tu de me dar trabalho!
:)