24 de abril de 2008

Spoo




Todos aqueles que já passaram pela experiência de dar de comer a um bebé sabem como é tarefa difícil. Uma das maiores dificuldades prende-se com a desadequação das colheres tradicionais para esta tarefa. Na verdade, os talheres foram pensados para ser usados pelo próprio e não para dar a comida na boca de outros o que obriga, os adultos, a realizar estranhos e difíceis movimentos com o pulso. Para resolver este desajuste, Paul Sandip, concebeu a Spoo, uma colher com um cabo retorcido, especialmente pensada para este propósito. Uma das vantagens do cabo retorcido é que se adapta bastante bem a destros e a canhotos.

Certamente que bastou um pouquinho de Ergonomia, no processo de concepção, para encontrar uma solução muito adequada...



1 comentário:

Mousinho disse...

Espero que aproveitem a onda e que melhorem as colheres dos McFlurys da Mc Donalds.

Sim, eu sei que aquilo está feito de forma a que a colher encaixe na máquina dos ingredientes, que deslizam pelo cabo da colher e vão dá ao gelado em si. Mas não dão jeito nenhum para comer, visto que o cabo tem a forma de um paralelepípedo e a concha é estreita, dando a sensação que está-nos a cortar os lábios, além de não conseguir comer tudo de uma vez o que está na colher tanto pela sensação de corte, como por não ser suficientemente larga.