24 de outubro de 2008

And because i love typography! # Não à Comic Sans!



Em conversa com a grande impulsionadora deste blog, a nossa "Formiga", decidimos, ou melhor ela decidiu, que eu tinha que escrever! Pois bem, decidi dar (mais uma vez) início à minha colaboração neste blog.
Como este blog pretende ser uma coisa séria, gajas e futebol, parece-me estar fora de questão. E como a Atom Ant me pediu coisas mais animadas aqui fica um posto, imagine-se sobre a Comic Sans!!!

Para quem me conhece sabe que eu dou muita importância á questão formal da tipografia, ou seja, os "a" e os "b" e os "c" para além de serem símbolos e de serem sons, são formas gráficas que comunicam. Os góticos comunicam conceitos completamente diferentes dos romanos ou dos latinos! E estamos a falar de tipografia...
A Comic Sans tornou-se no paradigma da tipografia não-profissional. Desenhada em 1995 por Vincent Connare para a Microsoft. Esta encomenda tinha como objectivo a criação de uma fonte para um software para criaças chamado "Microsoft Bob".
A Comic Sans foi de facto bem pensada, bem enquadrada e bem desenhada tendo em conta o objectivo do desenho daquela letra. Dar um aspecto mais infantil e desinibido ao software das crianças e abolir a Times deste mesmo software, usado até então.
A Microsoft decidiu incluir esta fonte a partir da versão Windows 95 no sistema operativo. E o que aconteceu?
Empresários, directores de instituições, etc, etc, etc, etc... usam esta tipografia, imagine-se nas suas cartas!
Ah e tal, é muita gira a fonte! É assim divertida e descontraída.
Mas será que estão a comunicar o que querem? Que imagem estão a dar?
Ah, e os alunos... é verdade! Pois, os alunos!
A Comic Sans só serve se quiserem comunicar algo que a sua estrutura formal assim o indique, assim como qualquer outro tipo de letra! O estranho é que aquando da escolha de uma tipografia, quase todos nós, desculpem, todos vocês, escolhem um tipo que não seja sério, sóbrio, clássico, que transmita segurança. A escolha recai no "mais giro" e há até quem diga, "Óh pá! Isso é só um tipo de letra. Percebe-se à mesma o que lá está escrito!"

Por isso meus amigos, lanço aqui o repto de não usarem a Comic Sans. Mais ainda apaguem-na dos vossos sistemas pois em dias de maior fraqueza podem cair no erro de usar a Comic Sans para escrever uma carta às Finanças ou à Autarquia aí do sítio.

E não sou só eu que penso assim! Querem ver?
.

3 comentários:

Atom Ant disse...

Caro Corto, apesar os "excessos" linguísticos, a tua participação anima muito e dá um certo colorido ao blog ;)
O humor também faz parte da vida e, a brincar também se dizem coisas sérias...
Por isso e porque me estava a sentir "sozinha em casa" és muito bem-vindo a este cantinho virtual.
De certo que os nossos visitantes concordam comigo.
Bjis...

Anónimo disse...

adorei o post
*****
L

tipografia disse...

BEMapanhado!!!!! VOLTArápido...

ttttt