19 de janeiro de 2006

Nova simplicidade Philips

A nova filosofia de design da Philips pode resumir-se na seguinte expressão - "sense and simplicity" - num esforço para simplificar a vida das pessoas.

Para o director criativo da Philips, Stefano Marzano, a casa do futuro será mais parecida com a casa do passado do que com a do presente. Será uma casa menos confusa e desorganizada, com objectos mais discretos. As televisões farão parte das paredes e as aparelhagens desaparecerão nas estantes.

Alguns exemplos interessantes desta nova filosofia:

Glowing Places/Outdoor Seating Project

Será uma cadeira ou um candeeiro? Assentos de exterior que respondem à presença das pessoas. Ao tocar nos assentos a sua luz muda rapidamente, ficando mais suave quando há menos actividade na área.





Tree of Life/AirTree



A Air Tree é um objecto decorativo elegante mas também um purificador e humificador do ar.
(Será que o meu cão a iria confundir com uma árvore... e fazer aquilo que sempre faz quando vê uma árvore?!...)








Philips’ concept LED bulbs



5 comentários:

laca disse...

A nova filosofia de design??? Há muitos anos "sense and simplicity"?! Sempre a pensar em "simplificar a vida das pessoas". Devemos continuar a acreditar? Nisto? Estou céptica, pois parece que nos andam a prometer "fundos & mundos", e depois nada... é uma decepção... pois quem trabalha somos nós... quem limpa uma vez mais, somos nós... ergonomicamente estudado? Talvez! Mas, quem sofre somos nós... ah! ah!
...vou adivinhar o nome do seu "cão"... Talvez, MATIAS? Sim? Fica-lhe bem!

Atom Ant disse...

O que é o novo??? Essa questão merece reflexão...
Matias é um nome bonito ;)

Fabs Costa disse...

Hoje é domingo!

O Rodin dizia que não inventava nada, apenas redescobria...

O António variações dizia que a culpa era do desejo, ou seria da vontade?...

E eu, pobrezita neste atelicas do r/c E, acho que as coisas realmente importantes acontecem, não no T2, T3 ou T4 (nada de ficções), mas sim no nosso cérebro.

E ás vezes...
Passa nada cariño!...

William Shakespeare dizia que é muito melhor viver sem felicidade do que sem amor...

Viva os fados!
Beijitos

Atom Ant disse...

humm... que melancolia...

Fabs Costa disse...

Ser poeta é ser mais alto
É ser maior do que os homens!
Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
É dizê-lo cantando a toda gente!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
É dizê-lo cantando a toda gente!

...

Dedico esta música a minha querida coordenadora Marília.